Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do consumo agudo e crônico do etanol sobre as funções mitocondriais: estudos em ratos Wistar (Rattus novergicus)

Processo: 08/54124-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de setembro de 2008
Vigência (Término): 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica
Pesquisador responsável:Aníbal Eugênio Vercesi
Beneficiário:Felipe Gustavo Ravagnani
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:06/59786-0 - Metabolismo energético, homeostase intracelular de CA2+ e estresse oxidativo mitocondrial na morte celular, AP.TEM
Assunto(s):Etanol   Mitocôndrias hepáticas   Linfócitos   Espécies de oxigênio reativas   Proteínas de desacoplamento mitocondrial   DNA mitocondrial   Estresse oxidativo   Modelos animais

Resumo

A compreensão dos mecanismos pelos quais o etanol consumido pode promover alterações mitocondriais e comprometer a viabilidade celular, levando a alterações reversíveis e irreversíveis em células e tecidos, é crucial para a área de saúde pública, uma vez que o consumo de álcool vem aumentando na sociedade, o que gera um ônus de milhões de reais no tratamento das consequências do alcoolismo. O fígado é, sem dúvida, o órgão mais afetado pela ação do álcool no organismo, o que é justificável, afinal é o órgão que metaboliza a maior parte do etanol consumido. Na busca de maiores informações sobre as respostas desse órgão à presença do etanol no organismo, propõe-se submeter ratos Wistar machos e adultos, um grupo formado por adultos jovens e outro por adultos senis, à ingestão ad libitum de água filtrada contendo etanol a uma concentração de 25% e de ração, em relação ao grupo controle tratado com água filtrada e ração. Serão analisados a respiração mitocondrial (controle respiratório), a fosforização oxidativa (razão ADP/O) a produção de Espécies Reativas de Oxigênio (EROS) em mitocôndrias hepáticas e em linfócitos esplênicos, as proteínas desacopladoras (UCPs), os canais de potássio mitocondriais (mitoKATP), as alterações morfológicas teciduais, a atividade enzimática da aspartato aminotransferase (AST), da alanina aminotransferase (ALT) e da Gama glutamiltransferase (GGT) e os danos oxidativos ao DNA mitocondrial (DNAmt). (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
RAVAGNANI, Felipe Gustavo. Efeitos do consumo agudo e crônico de etanol sobre as funções mitocondriais : estudos em ratos Wistar (Rattus novergicus). 2013. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Ciências Médicas.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.