Busca avançada
Ano de início
Entree

Imunossensores de efeito de campo para detecção de marcadores do infarto agudo do miocárdio

Processo: 11/20110-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2012
Vigência (Término): 04 de janeiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física
Pesquisador responsável:Valtencir Zucolotto
Beneficiário:Nirton Cristi Silva Vieira
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos, SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/01663-6 - Desenvolvimento de nanobiossensores de efeito de campo baseados em grafeno para a detecção de biomarcadores, BE.EP.PD
Assunto(s):Sensores   Infarto do miocárdio   Troponina

Resumo

Milhões de pessoas em diversos países sofrem de doenças cardiovasculares (DCVs), as quais ainda necessitam do diagnóstico rápido e preciso simultaneamente. A pesquisa em métodos precisos de diagnóstico, especialmente no diagnóstico do infarto agudo do miocárdio (IAM), tem se intensificado tanto na área clínica, quanto na área acadêmica, uma vez que o IAM é o principal causador de mortes entre DCVs. Visando contribuir para o desenvolvimento de plataformas integradas de diagnóstico rápido, o presente projeto propõe o desenvolvimento de um dispositivo imunossensor capaz de detectar troponina, uma proteína marcadora de IAM. A idéia central é utilizarmos transistores de efeito de campo (FETs) como transdutores de sinal para a detecção específica de troponina I. Imunossensores de efeito de campo apresentam diversas vantagens, como elevada sensibilidade, facilidade experimental e possibilidade de confecção em larga escala. Acreditamos que a idéia de dispositivos de efeito de campo aliada a alta afinidade antígeno-anticorpo seja promissor para a confecção de um biossensor imunológico capaz de conferir um diagnóstico rápido e preciso do IAM de maneira eficiente e de baixo custo. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Sensor detecta dengue antes dos primeiros sintomas da doença 
Pesquisadores criam biossensor para detectar pesticida 

Patente(s) depositada(s) como resultado deste projeto de pesquisa

MICRODISPOSITIVOS DETECTORES DO VÍRUS DA DENGUE; PROCESSO DE PRODUÇÃO DE MICRODISPOSITIVOS DETECTORES DO VÍRUS DA DENGUE; KIT CONTENDO O MESMO E MÉTODO DE IDENTIFICAÇÃO DA DENGUE BR1020130243191 - Dnapta Biotecnologia Ltda ; Universidade de São Paulo (USP) . Francisco Eduardo G. Guimaraes; Valtencir Zucolotto; Alessandra Figueiredo; Nirton Cristi Silva Vieira; Haroldo Arakaki; Rodrigo Lemos Lovato; Sergio Moraes Aoki; Paulo Peitl Junior - 23 de setembro de 2013

 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.