Busca avançada
Ano de início
Entree

Intervenção com familiares, usuários de álcool e álcool mais outras drogas: um estudo comunitário

Processo: 13/16080-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2014
Vigência (Término): 31 de maio de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Margarita Antonia Villar Luis
Beneficiário:Sara Pinto Barbosa
Instituição-sede: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):15/22349-0 - Análise de estudo clínico com usuários de álcool de Atenção Primária à Saúde em uma cidade no Brasil, BE.EP.DR
Assunto(s):Vício   Alcoolismo   Dependentes químicos   Atenção primária à saúde

Resumo

As intervenções em usuários de substâncias psicoativas geralmente são realizadas quando os usuários já se encontram com considerável comprometimento, tanto físico quanto psicossocial. A Atenção Primária à Saúde (APS) pode ser uma possibilidade de acesso a usuários de substâncias psicoativas em uso de risco ou dependência, sendo necessário para tanto o uso de meios de intervenções que não requeiram profissionais especializados, como a Intervenção Breve (IB) ou o Treinamento em Solução de Problemas (TSP). Desta feita, este estudo longitudinal do tipo misto, objetiva realizar junto a usuários de álcool IB e em familiares, TSP. Os familiares e usuários de álcool serão contactados através dos Agentes Comunitários da Saúde (ACS) de um serviço de Estratégia de Saúde da Família (ESF) da região Oeste de Saúde de Ribeirão Preto - SP. Na primeira visita às famílias, serão explicados os objetivos da pesquisa e será feito o convite para participação. Serão realizadas posteriormente duas visitas para criação de vínculo com familiar e usuário e aplicação dos instrumentos ASSIST e o AUDIT. Após as intervenções haverá avaliações tanto nos familiares quanto nos usuários um mês e seis meses após término da intervenção. Espera-se com este estudo apontar para as possibilidades e limites do uso dessas técnicas de intervenção em usuários e familiares em locais de atuação da ESF e avaliar as mudanças após as intervenções. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BARBOSA, Sara Pinto. Intervenção com familiares, usuários de álcool e álcool mais outras drogas: um estudo clínico. 2017. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.