Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos benefícios de programa de exercício físico aeróbio para pessoas com epilepsia de lobo temporal mesial, e as relações com as adaptações cerebrais estruturais e bioquímicas

Processo: 14/05435-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2014
Vigência (Término): 31 de julho de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Fernando Cendes
Beneficiário:Nathália Volpato
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Epilepsia   Exercício físico   Neurologia   Neuroimagem

Resumo

Epilepsia de lobo temporal mesial (ELTM) apresenta grande importância clínica, devido à alta prevalência, elevada proporção de pacientes com crises epiléticas refratárias e associação com disfunções cognitivas. As pessoas com ELTM apresentam menor qualidade de vida (QV) e maiores índices de depressão do que a população em geral. Já é sabido que a atividade física (AF) não é um fator precipitante de crises epilépticas, e estudos com animais e humanos mostram seus benefícios para o quadro da doença e para o bem estar emocional dessa população; no entanto, existe ainda uma lacuna no conhecimento de quais são os mecanismos induzidos pela AF que levam às melhoras clínicas e emocionais agudas e crônicas desses pacientes após a prática de uma sessão de exercício físico (EF) e após um programa de EF planejado. Há estudos em modelos animais com epilepsia induzida, que explicam algumas adaptações cerebrais, decorrentes de EF, que estão associados à redução de crises. Os estudos com humanos demonstram a melhora da QV, de índice de depressão, melhora cardiopulmonar e até diminuição da frequência de crises, mas nenhum deles explica os mecanismos neurológicos que levaram a essas melhoras. O presente estudo pretende analisar as adaptações cerebrais estruturais, através de técnicas de neuroimagem em ressonância magnética e bioquímicas, decorrentes de um programa de 32 semanas de EF aeróbio, e relacioná-las com a QV, índice de depressão, intensidade e frequência de crises, memória de longo prazo, frequência e intensidade de crises e a capacidade cardiopulmonar, antes e após o programa. Acreditamos que esta investigação poderá ajudar na melhor compreensão dos mecanismos neurobiológicos que o EF pode proporcionar às pessoas com epilepsia.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VOLPATO, NATHALIA; KOBASHIGAWA, JULIANA; YASUDA, CLARISSA LIN; KISHIMOTO, SIMONI THIEMI; FERNANDES, PAULA TEIXEIRA; CENDES, FERNANDO. Level of physical activity and aerobic capacity associate with quality of life in patients with temporal lobe epilepsy. PLoS One, v. 12, n. 7 JUL 19 2017. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.