Busca avançada
Ano de início
Entree

Fatores de risco relacionados à perda de produtividade laboral e aumento dos custos ambulatoriais de pacientes atendidos por unidades básicas de saúde

Processo: 14/09645-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2015
Vigência (Término): 30 de abril de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Jamile Sanches Codogno
Beneficiário:Monique Yndawe Castanho Araujo
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Saúde pública   Fatores de risco   Produtividade no trabalho   Custos dos cuidados de saúde   Sistema Único de Saúde

Resumo

A inatividade física e a presença da obesidade, dentre outros fatores de risco para a saúde têm sido responsáveis pelo surgimento de inúmeras doenças crônicas e, consequentemente, pelo aumento dos gastos com saúde. Dessa forma, o objetivo da presente pesquisa será analisar se existe associação entre agregação de fatores/comportamentos de risco a saúde e perda de produtividade laboral e aumento dos custos com saúde em adultos atendidos no SUS. Para tanto, no mínimo 200 pacientes serão convidados a fazer parte da pesquisa e serão avaliados quanto: i) custos com tratamento, ii) perda de produtividade; iii) adiposidade corporal; iv) nível de atividade física; vi) sono; vii) dor; viii) consumo de álcool; ix) tabagismo; x) condição econômica; xi) histórico de doenças; xii) indicadores metabólicos. As variáveis serão agregadas para constituir uma única variável de risco, assim, a amostra será subdividida em quatro grupos: i) nenhum comportamento/fator de risco; ii) 1-2 comportamentos/fatores de risco; iii) 3-4 comportamentos/fatores de risco e iv) 5-6 comportamentos/fatores de risco. A análise estatística será composta pela Análise de Covariância (ANCOVA) que estabelecerá comparações de custo com saúde e perda de produtividade (em moeda corrente) entre os grupos formados. Para os dados categóricos, será utilizado o teste qui-quadrado para analisar associações e a regressão logística como modelo multivariado. Em todas as análises, a significância estatística (p-valor) será pré-fixada em valores inferiores a 5%. O software utilizado será o BioEstat (versão 5.0). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MONIQUE YNDAWE CASTANHO ARAUJO; DÉBORA CHRISTANTE CANTARUTTI; DAYANE CRISTINA QUEIROZ; BRUNA CAMILO TURI; DIEGO GIULIANO DESTRO CHRISTOFARO; JAMILE SANCHES CODOGNO. ASSOCIATION BETWEEN DISABILITY PENSION, NUTRITIONAL CONDITION AND PHYSICAL INACTIVITY IN ADULTS FROM A MIDDLE-SIZE BRAZILIAN CITY. J. Phys. Educ., v. 27, p. -, 2016.
ANA CAROLINA ALVES DA COSTA TRINDADE¹; MONIQUE YNDAWE CASTANHO ARAUJO¹; ANA PAULA RODRIGUES ROCHA¹; LUÍS ALBERTO GOBBO¹˒; JAMILE SANCHES CODOGNO¹˒. LEVEL OF PHYSICAL ACTIVITY AND THE OCCURRENCE OF CHRONIC DISEASES IN PATIENTS OF THE PUBLIC HEALTHCARE SYSTEM IN PRESIDENTE PRUDENTE-SP. J. Phys. Educ., v. 27, 2016.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ARAUJO, Monique Yndawe Castanho. Fatores de risco relacionados à perda de produtividade laboral e aumento dos custos ambulatoriais de pacientes atendidos por unidades básicas de saúde. 2016. 86 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências e Tecnologia..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.