Busca avançada
Ano de início
Entree

Ouabaína como uma droga anti-apoptótica em doenças neurodegenerativas

Processo: 15/13295-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 10 de agosto de 2015
Vigência (Término): 09 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Bioquímica e Molecular
Pesquisador responsável:Cristoforo Scavone
Beneficiário:Ana Maria Marques Orellana
Supervisor no Exterior: Hjalmar Brismar
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Karolinska Institutet, Suécia  
Vinculado à bolsa:11/22844-0 - Estudo do mecanismo molecular de sinalização da ativação da via Wnt/beta-catenina pela ouabaína em hipocampo de ratos, BP.DR
Assunto(s):Apoptose

Resumo

A enzima Na,K-ATPase (Sódio, Potássio ATPAse ou bomba de Sódio Potássio) é uma proteína integral de membrana, conservada entre eucariotos, a qual pela hidrólise de uma molécula de ATP é capaz de estabelecer e manter um gradiente eletroquímico através da membrana plasmática o qual é essencial para a existência do potencial de repouso das células e para a excitabilidade das células nervosas e musculares. Além de seu papel na homeostasia iônica, alguns estudos recentes sugerem que a bomba atue na transdução de sinal e na ativação da transcrição gênica em processos como crescimento, diferenciação e morte celular programada. A Ouabaina (OUA), glicosídeo cardiotônico, que é um ligante da Na,K-ATPAse, é considerada um hormônio produzido no córtex da adrenal e no hipotálamo. Após a ligação da OUA, a Na,K-ATPase parece ativar vias de sinalização como o NFkappaB levando a oscilações nos níveis intracelulares de Cálcio. O objetivo principal do presente projeto é testar a aplicabilidade dos sinais de sobrevivência desencadeados pela Na,K-ATPase em modelo de neuro trauma e doenças neurodegenerativas. Para isso, a proposta é examinar os efeitos anti-apoptóticos da sinalização OUA/Na,K-ATPase em cultura primária hipocampal de neurônios desafiada com toxina shiga e estresse oxidativo; condições que ativam a via apoptótica intrínseca mitocondrial e finalmente examinar os mecanismos moleculares pelos quais a OUA/Na,K-ATPase exerce essa proteção por técnicas de microscopia de alta resolução.