Busca avançada
Ano de início
Entree

Mecanismos associados à perda da regulação da Nox1 NADPH oxidase pela dissulfeto isomerase proteica em células de carcinoma do cólon com ativação sustentada da via ras

Processo: 16/00686-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 30 de abril de 2016
Vigência (Término): 29 de abril de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Francisco Rafael Martins Laurindo
Beneficiário:Tiphany Coralie de Bessa
Supervisor no Exterior: Herve Kovacic
Instituição-sede: Instituto do Coração Professor Euryclides de Jesus Zerbini (INCOR). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Aix-Marseille Université (AMU), França  
Vinculado à bolsa:13/02070-6 - Mecanismos associados à perda da regulação da Nox1 NADPH oxidase pela dissulfeto isomerase proteica em células com ativação sustentada da via Ras, BP.DR
Assunto(s):Cardiologia   Espécies de oxigênio reativas

Resumo

A dissulfeto isomerase proteica ou PDIA1 é uma chaperona localizada principalmente no retículo endoplasmático. Nesse local, a PDIA1 realiza sua função prioritária: catalisar o enovelamento proteico, bem como introdução e isomerização de pontes dissulfeto. Além dessas atividades básicas, o nosso grupo evidenciou o papel da PDIA1 na regulação funcional do complexo NADPH oxidase, principal fonte geradora de espécies reativas de oxigênio. Em células vasculares do músculo liso a expressão da Nox1 tanto como a produção de superóxido e a migração sustentada pela Nox1 requerem a PDI. Entretanto os mecanismos pelos quais a PDIA1 interage com o complexo NADPH oxidase não estão ainda elucidados e constituem um dos principais alvos do nosso grupo. Para investigar tais mecanismos estudamos células cancerígenas do cólon HT29-D4 com alta expressão constitutiva da Nox1 e com via sustentada Ras/Raf/Erk (devido a uma mutação de B-Raf efetora da Ras). Curiosamente, neste modelo, o silenciamento de PDI por siRNA não afetou a atividade da Nox1. A pergunta central desta BEPE é se a presença de Ras com ativação sustentada possa ser um fator determinante da desregulação da Nox1 pela PDIA1 em células tumorais devido à interferência com vias normais da regulação das RhoGTPases pela PDI. Esta BEPE será realizada no laboratório do nosso colaborador na Universidade Aix-Marseille e ira enriquecer o projeto em andamento do candidato. Os objetivos específicos são: 1) Investigar as implicações funcionais do silenciamento da PDIA1 em células tumorais com ativação constitutiva da Ras, focando em experimentos de migração celular, os quais são processos importantes para a progressão tumoral. 2) investigar a produção de espécies reativas do oxigênio e atividades de Noxes neste modelo. 3) identificar um possível mecanismo de interação funcional entre Ras, PDI e a Nox1. Com base em dados prévios obtidos neste projeto e outros trabalhos do nosso laboratório, juntamente coma a expertise do grupo francês, propomos concentrar nossos esforços no papel das RhoGTPases e da sua reguladora a RhoGDI. Investigaremos como a ativação constitutiva da Ras promove modificações da atividade das RhoGTPases e das suas interações com a RhoGDI± ou a PDI e como o silenciamento da PDI afeta essas variáveis. Este projeto de BEPE vai contribuir para o aprimoramento do projeto de doutorado do candidato e proporcionar ganhos acadêmicos substanciais que serão ainda mais valiosos para o nosso grupo no Brasil.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE BESSA, TIPHANY CORALIE; PAGANO, ALESSANDRA; SOARES MORETTI, ANA IOCHABEL; SANTOS OLIVEIRA, PERCILLIA VICTORIA; MENDONCA, SAMIR ANDRADE; KOVACIC, HERVE; MARTINS LAURINDO, FRANCISCO RAFAEL. Subverted regulation of Nox1 NADPH oxidase-dependent oxidant generation by protein disulfide isomerase A1 in colon carcinoma cells with overactivated KRas. CELL DEATH & DISEASE, v. 10, FEB 13 2019. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.