Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de mediadores da via de sinalização do fator de necrose tumoral-± e de microRNAs na carcinogênese gástrica associada a Helicobacter pylori

Processo: 15/23392-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2016
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Humana e Médica
Pesquisador responsável:Ana Elizabete Silva
Beneficiário:Ana Flávia Teixeira Rossi Freire
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Helicobacter pylori   MicroRNAs

Resumo

Infecção persistente por Helicobacter pylori promove inflamação crônica e consequente desenvolvimento de lesões gástricas que podem progredir para ocâncer gástrico do tipo intestinal. A resposta inflamatória desencadeada por este patógeno é caracterizada pela indução da expressão de citocinas inflamatórias, dentre as quais se destaca o fator de necrose tumoral (TNF)-± que apresenta função promotora tumoral. A sinalização de TNF-± pode resultar em ativação gênica ou morte celular e depende de dois receptores principais: TNFR1 e TNFR2. O receptor TNFR1 pode tanto ativar a via indutora de apoptose quanto estimular a transcrição de genes envolvidos com a sobrevivência celular. O controle entre estas duas vias é regulado em vários níveis e alteração na sinalização desencadeada por TNFR1 pode levar ao processo carcinogênico. A indução da apoptose depende do recrutamento da proteína adaptadora TRADD e caspase 8, enquanto que a transcrição de genes é resultado da ativação de NF-ºB e envolve a participação de TRAF2, TRAF1 e RIP. Estudos apontam papel acentuador do receptor TNFR2 no efeito citotóxico de TNFR1, além de indução de apoptose e sobrevivência celular de modo independente do receptor 1. A desregulação na expressão de genes envolvidos nesta via pode ser causada por microRNAs (miRNAs) no nível pós-transcricional e estudos mostram que eles podem regular o processo inflamatório induzido pela H. pylori, como também a carcinogênese gástrica. Além disto, infecção por esta bactéria pode alterar a expressão destes miRNAs e, com isto, influenciar em vários mecanismos moleculares. Desta forma, o objetivo deste estudo é avaliar em linhagem celular de câncer gástrico, sob condição de inflamação induzida pelo extrato da H. pylori, a ocorrência de alterações e redes de interação em genes e miRNAs envolvidos na via de apoptose mediada por TNF-± e a atuação dos receptores TNFR1 e TNFR2, assim como as consequências em processos celulares, como proliferação e apoptose. Também investigar se a expressão desses genes e miRNAs encontram-se desreguladas em lesões que participam da cascata de progressão do câncer gástrico e se é influenciada pela infecção da H. pylori. Portanto, os objetivos específicos são: a- Avaliar a expressão quantitativa do RNAm de mediadores e receptores da via extrínseca da apoptose mediada por TNF-± (TNFA, TNFR1, TNFR2, TRADD, TRAF2, cFLIP, IL1B, IL6, CASP3 e CASP8) e de miRNAs que alvejam TNFA ou mediadores da sua via de sinalização (hsa-miR-19a-3p, hsa-miR-34a-3p, hsa-miR-103-3p, hsa-miR-181c-5p, hsa-miR-370-3p) em linhagens celulares de adenocarcinoma gástrico (AGS e MKN-45), após a indução com extrato da H. pylori, com e sem silenciamento dos receptores TNFR1 e TNFR2, assim como o efeito destes tratamentos na proliferação celular e apoptose; b- Avaliar a expressão dos mesmos genes e miRNAs em lesões da cascata de progressão do câncer gástrico (gastrite crônica, metaplasia intestinal e câncer) com e sem infecção pela H. pylori; c- Pesquisar em bancos de dados públicos a predição de genes-alvos dos miRNAs, construir a rede de interação miRNAs-mRNA, além da validação funcional. Os resultados poderão evidenciar alterações em processos celulares resultantes de mudanças na expressão de genes e miRNAs envolvidos na via de sinalização do TNF-± na carcinogênese gástrica, e qual receptor (TNFR1 e/ou TNFR2 ) contribui mais efetivamente para as alterações nesta via de sinalização desencadeada pela H. pylori. Portanto, podendo contribuir para a melhor compreensão da via e papel dos receptores TNFR1 e TNFR2 e indicar alvos moleculares e estratégias terapêuticas no processo inflamatório e câncer gástrico.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TEIXEIRA ROSSI, ANA FLAVIA; CONTIERO, JULIA COCENZO; MANOEL-CAETANO, FERNANDA DA SILVA; SEVERINO, FABIO EDUARDO; SILVA, ANA ELIZABETE. Up-regulation of tumor necrosis factor-alpha pathway survival genes and of the receptor TNFR2 in gastric cancer. WORLD JOURNAL OF GASTROINTESTINAL ONCOLOGY, v. 11, n. 4, p. 281-294, APR 15 2019. Citações Web of Science: 0.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FREIRE, Ana Flávia Teixeira Rossi. Avaliação de mediadores da via de sinalização do fator de necrose tumoral alfa e de microRNAs em câncer gástrico e efeito do silenciamento de seus receptores. 2019. 123 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.