Busca avançada
Ano de início
Entree

Interação membrana/peptídeo: propriedades mecânica e eletrostática em sistemas com domínios lipídicos

Processo: 15/25620-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2017
Vigência (Término): 31 de março de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Biofísica Molecular
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:João Ruggiero Neto
Beneficiário:Dayane dos Santos Alvares
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/14215-2 - Regulação da atividade de peptídeos antimicrobianos pelas propriedades mecânicas da membrana alvo, BE.EP.PD
Assunto(s):Monocamadas de Langmuir

Resumo

Polybia-MP1, extraído do veneno de vespa Brasileira, Polybia paulista, é altamente ativo na superfície de membrana lipídica aniônicas desempenhando atividades antimicrobiana e anticâncer. Nossa hipótese é que mudanças que ocorrem na superfície da membrana lipídica de células apoptóticas, como compressibilidade, elasticidade, fluidez, moduladas pela composição lipídica, sejam a chave para a seletividade do peptídeo Polybia-MP1 a estas células. A associação desse peptídeo à membrana afeta fortemente as propriedades estrutural e dinâmica dos lipídios, perturbando o empacotamento lipídico. Reunimos fortes evidências experimentais que revelaram a complexa conexão entre fenômenos eletrostáticos, hidrofóbicos e elásticos que ocorrem na interface água-membrana. Do ponto de vista Biofísico, compreender as bases físico-químicas da interação peptídeo/membrana na interface, investigando fatores mecânicos que afetam a seletividade desse peptídeo, é um grande desafio científico e é a proposta principal deste trabalho. A estratégia é utilizar diferentes técnicas experimentais como calorimetria diferencial de varredura (DSC), visualização de vesículas gigante (GUVs) por microscopia de fluorescência (MF) e contraste de fase (CF), e confocal (MC), associadas à técnica de monocamadas lipídicas na interface ar-água, estudar e caracterizar com detalhes as mudanças que ocorrem nos lipídios (efeitos elásticos e segregação) causados pela interação com peptídeos. Espera-se obter detalhes que ajudem a entender a seletividade na ação de peptídeos bioativos. (AU)

Publicações científicas (5)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MIASAKI, KENNETH M. F.; WILKE, NATALIA; RUGGIERO NETO, JOAO; ALVARES, DAYANE S. N-terminal acetylation of a mastoparan-like peptide enhances PE/PG segregation in model membranes. Chemistry and Physics of Lipids, v. 232, OCT 2020. Citações Web of Science: 0.
ALVARES, DAYANE S.; VIEGAS, TAISA G.; NETO, JOAO RUGGIERO. The effect of pH on the lytic activity of a synthetic mastoparan-like peptide in anionic model membranes. Chemistry and Physics of Lipids, v. 216, p. 54-64, NOV 2018. Citações Web of Science: 1.
ALVARES, DAYANE S.; WILKE, NATALIA; RUGGIERO NETO, JOAO. Effect of N-terminal acetylation on lytic activity and lipid-packing perturbation induced in model membranes by a mastoparan-like peptide. BIOCHIMICA ET BIOPHYSICA ACTA-BIOMEMBRANES, v. 1860, n. 3, p. 737-748, MAR 2018. Citações Web of Science: 2.
ALVARES, DAYANE S.; WILKE, NATALIA; RUGGIERO NETO, JOAO; FANANI, MARIA LAURA. The insertion of Polybia-MP1 peptide into phospholipid monolayers is regulated by its anionic nature and phase state. Chemistry and Physics of Lipids, v. 207, n. A, p. 38-48, OCT 2017. Citações Web of Science: 8.
ALVARES, DAYANE S.; RUGGIERO NETO, JOAO; AMBROGGIO, ERNESTO E. Phosphatidylserine lipids and membrane order precisely regulate the activity of Polybia-MP1 peptide. BIOCHIMICA ET BIOPHYSICA ACTA-BIOMEMBRANES, v. 1859, n. 6, p. 1067-1074, JUN 2017. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.