Busca avançada
Ano de início
Entree

Programa terapêutico para redução da taxa de elocução na taquifemia: comparação pré e pós-intervenção

Processo: 17/06313-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2017
Vigência (Término): 31 de outubro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Cristiane Moço Canhetti de Oliveira
Beneficiário:Juliana Lupo Mereles
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Marília. Marília , SP, Brasil
Assunto(s):Fala   Taquifemia   Distúrbios da fala   Terapêutica

Resumo

A intervenção fonoaudiológica na taquifemia é um tema pouco explorado na literatura. Objetivo: verificar a efetividade de um programa terapêutico já existente e utilizado na instituição para reduzir e controlar a taxa de elocução de taquifêmicos, por meio da comparação da fluência da fala pré- e pós-programa terapêutico, quanto à taxa de elocução e frequência de disfluências. Métodos: Participarão da pesquisa 5 adultos com taquifemia, de ambos os gêneros na faixa etária entre 18 e 59 anos e 11 meses. O diagnóstico de taquifemia será realizado por uma fonoaudióloga experiente na área. Todos participantes deverão apresentar aumento na quantidade de outras disfluências e velocidade de fala aumentada. Serão utilizados os seguintes procedimentos: história clínica específica, avaliação da fluência e aplicação do Instrumento Preditivo da Taquifemia (IPT) pré e pós-terapia e aplicação do programa terapêutico (8 sessões). Análise dos resultados: será realizada a análise estatística dos dados. Resultados esperados: Acredita-se que na avaliação pós-programa terapêutico os taquifêmicos apresentarão menor taxa de elocução, como também menor frequência de disfluências quando comparadas com a avaliação pré-programa. (AU)