Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de uma ferramenta dietética digital para estimar a ingestão alimentar de FODMAPs

Processo: 17/26220-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Análise Nutricional de População
Pesquisador responsável:Ana Carolina Junqueira Vasques
Beneficiário:Esther Dantas da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Limeira , SP, Brasil
Assunto(s):Prática clínica   Síndrome do intestino irritável   Ingestão de alimentos   Dietética   Questionário de frequência alimentar   Avaliação nutricional

Resumo

Fundamentação: A síndrome do intestino irritável (SII) é considerada um distúrbio funcional caracterizado por desconforto ou dor abdominal recorrente, podendo causar alterações nos hábitos intestinais. O manejo nutricional para diminuição dos sintomas da SII inclui a restrição de alguns alimentos, especialmente aqueles dos grupos dos FODMAPs - oligossacarídeos, dissacarídeos, monossacarídeos e polióis fermentáveis. Objetivo: Desenvolver uma ferramenta de avaliação dietética digital que traga praticidade para a aplicação de Questionário de Frequência Alimentar (QFA) curto para estimar a ingestão de FODMAPs em portadores da SII. Métodos: Será elaborado um álbum fotográfico com as porções de alimentos fonte de FODMAPs presentes no QFA curto, contemplando porções padrão e porções mínimas problemáticas para o desencadeamento dos sintomas da SII. A ferramenta dietética digital será desenvolvida em parceria com um docente da Faculdade de Ciências Aplicadas da UNICAMP do curso de Engenharia de Produção e um aluno de Iniciação Científica de graduação do mesmo curso, a qual irá conter o QFA curto e o álbum fotográfico. Perspectivas: Este instrumento dietético poderá aperfeiçoar o processo de avaliação nutricional dos portadores da SII, facilitando o aconselhamento dietético e o seguimento nutricional. Pesquisadores poderão ser beneficiados, permitindo a avaliação do consumo de FODMAPs em estudos epidemiológicos e de intervenção.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.