Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento e aplicação de métodos para a extração verde e sustentável de compostos fenólicos bioativos derivados dos resíduos de manga

Processo: 19/08389-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2019
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Vânia Gomes Zuin
Beneficiário:Karine Zanotti
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Compostos bioativos   Resíduos agroindustriais   Química verde   Biorrefinarias

Resumo

A magnitude da produção agroindustrial brasileira causa preocupação pela quantidade gerada de resíduos. Estes têm importantes propriedades, benéficas à saúde humana, que podem ser aproveitadas em plataformas químicas integradas, as biorrefinarias. A manga (Mangifera indica L.) é produzida em grande escala no Brasil e tradicionalmente processada para sua transformação em produtos industrializados, cujos resíduos ainda não são adequadamente aproveitados. Deste modo, este projeto tem como objetivo principal desenvolver, otimizar e aplicar métodos para extrair compostos bioativos, como mangiferina e hiperosídeo, a partir de resíduos de manga produzidos no estado de São Paulo, considerando os princípios da Química Analítica Verde. Utilizando a quimiometria para o planejamento dos experimentos, serão testados e analisados diferentes métodos de extração considerados mais verdes e sustentáveis, baseados em dispersão da matriz em fase sólida (MSPD) e micro-ondas (MAE), sendo os analitos determinados por cromatografia líquida (UPLC) acoplada ao detector de PDA/UV-Vis. Além dos melhores parâmetros analíticos, será possível comparar as técnicas de extração de acordo com o seu grau verde ao utilizar métricas específicas para tal finalidade.