Busca avançada
Ano de início
Entree

Comparação da função cardiovascular, capacidade funcional e qualidade de vida de pré-diabéticos e indivíduos normoglicêmicos

Processo: 19/10011-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2019
Vigência (Término): 30 de novembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Meliza Goi Roscani
Beneficiário:Fernanda Yuri Yuamoto
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Cardiologia   Diabetes mellitus   Disfunção ventricular   Capacidade funcional   Inquéritos e questionários   Avaliação clínica   Estudo clínico

Resumo

Diabetes Mellitus (DM) é uma doença metabólica crônica, acompanhada de complicações como nefropatia, neuropatia, retinopatia diabéticas e complicações cardiovasculares. O pré-diabetes é a condição em que o nível glicêmico está acima do normal, mas abaixo dos critérios de diagnóstico da DM2. Sua importância se deve ao fato de que 70% dos pré-diabéticos irão evoluir para DM2, de acordo com a American Diabetes Association. E também, acredita-se que muitas dessas complicações estão presentes no pré-diabetes e que possam estar associadas a prejuízo da função cardíaca e endotelial, e consequentemente da qualidade de vida. Objetivo: verificar se há sinais de marcadores precoces de disfunção ventricular esquerda, prejuízo da capacidade funcional e disfunção endotelial em pacientes pré-diabéticos e correlacionar os achados com o grau de sedentarismo e qualidade de vida. Metodologia: estudo clínico transversal, composto por 100 pacientes, divididos em dois grupos: grupo controle normoglicêmicos (NGC, N=50) e grupo pré-diabéticos (PDM, N=50). Os pacientes serão submetidos à avaliação clínica, ecocardiograma transtorácico, avaliação da espessura média intimal carotídea, avaliação da capacidade funcional, questionário de qualidade de vida SF-36 e grau de sedentarismo IPAQ. Análise estatística será realizada com cálculo amostral estimado de 100 pacientes, Teste de Qui-Quadrado para comparação entre grupos de variáveis categóricas e Teste T Student para variáveis contínuas. Teste de Pearson será realizado para avaliar associação entre variáveis. Resultados esperados: espera-se encontrar sinais precoces de disfunção diastólica de ventrículo esquerdo e de disfunção endotelial que se associam a prejuízo de qualidade de vida e maior grau de sedentarismo. (AU)