Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos efeitos da gordura interesterificada em mecanismos moleculares envolvidos no controle central da homeostasia energética

Processo: 21/01322-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2021
Vigência (Término): 30 de abril de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Bioquímica da Nutrição
Pesquisador responsável:Marciane Milanski Ferreira
Beneficiário:Beatriz Piatezzi Siqueira
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Limeira , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07607-8 - CMPO - Centro Multidisciplinar de Pesquisa em Obesidade e Doenças Associadas, AP.CEPID
Assunto(s):Gorduras   Óleos vegetais   Mecanismos moleculares   Homeostase   Hipotálamo   Gorduras na dieta

Resumo

Recentemente a gordura interesterificada tem sido utilizada como uma alternativa ao uso das gorduras trans. A gordura interesterificada é obtida pelo processamento de óleos vegetais por meio de métodos químicos ou enzimáticos, o que resulta no rearranjando os ácidos graxos da molécula de glicerol, sem alterar o grau de saturação dos mesmos. Estudos recentes têm mostrado efeitos metabólicos adversos em resposta à ingestão crônica (oito semanas) de dieta rica em gordura interesterificada, como ganho de massa corporal, dislipidemia e intolerância à glicose. No entanto, não sabemos o efeito da ingestão dessa gordura em curto prazo e também o seu efeito no sistema nervoso central, responsável pela homeostasia energética. O hipotálamo é o órgão responsável pelo controle central da ingestão alimentar e gasto energético por meio de neurônios especializados capazes de receber informações e sinalizar outras áreas cerebrais envolvidas na regulação da fome/saciedade. A ingestão de dieta rica em gordura leva à ativação hipotalâmica de resposta inflamatória crônica, produção de quimiocinas e citocinas, com consequente resistência à ação dos hormônios leptina e insulina, principais sinalizadores do balanço energético. Nosso objetivo é entender o efeito da gordura interesterificada em processos celulares que controlam a homeostasia energética em camundongos. Acreditamos que o entendimento do efeito da gordura interesterificada na ingestão alimentar de roedores possa contribuir para o avanço do conhecimento na área e subsidiar a discussão sobre políticas públicas relacionadas à segurança do consumo deste tipo de gordura presente principalmente nos alimentos processados. (AU)