Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de uma tecnologia sustentável e biocompatível para a recuperação e purificação da Astaxantina: um poderoso antioxidante de valor econômico

Processo: 20/08655-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2021
Vigência (Término): 31 de maio de 2023
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Produção - Engenharia do Produto
Pesquisador responsável:Adalberto Pessoa Junior
Beneficiário:Cassamo Ussemane Mussagy
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Bioprocessos   Astaxantina   Antioxidantes   Extração líquido-líquido   Purificação   Economia circular   Sustentabilidade

Resumo

A utilização de fungos para a obtenção de diversos subprodutos vem ganhando cada vez mais importância na atualidade, especialmente devido à sua grande diversidade e por ser uma fonte natural de ampla variedade de carotenoides, proteínas, lipídios entre outros, com diversas aplicações nas indústrias alimentares, nutricionais, cosméticas, farmacêuticas e de combustíveis. A astaxantina, é um poderoso antioxidante de alto interesse comercial pertencente aos carotenoides da classe das xantofilas; produzida pela levedura Phaffia rhodozyma que vem despertando grande interesse industrial devido à sua capacidade antioxidante (cerca de 10 vezes mais eficaz que o ²- caroteno) e possível papel na redução de risco de algumas doenças crônicas como: doenças cardiovasculares, degeneração macular e vários tipos de câncer. Assim, em função do crescente mercado mundial e do elevado custo da astaxantina produzida sinteticamente, há interesse na obtenção deste carotenoide por via biotecnológica. No entanto, para a aquisição deste carotenoide por esta via, a etapa de downstream geralmente é muito complexa e vários desafios devem ser superados, como a melhoria nos processos extrativos, uso de solventes menos custosos, biocompatíveis e recicláveis para a extração, como também o uso de técnicas de purificação mais eficientes e de baixo custo. Desta forma, em nossa proposta científica pretendemos analisar a viabilidade técnico-científica de um sistema integrado para a extração e purificação da astaxantina usando combinações de métodos físicos e/ou químicos com solventes verdes obtidos de fontes renováveis (biossolventes, líquidos iônicos e solventes eutéticos profundos) para o desenvolvimento de uma plataforma sustentável, menos custosa, biocompatível e que integra os princípios básicos de uma economia circular. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MUSSAGY, CASSAMO U.; PEREIRA, JORGE F. B.; DUFOSSE, LAURENT; RAGHAVAN, VIJAYA; SANTOS-EBINUMA, VALERIA C.; PESSOA JR, ADALBERTO. Advances and trends in biotechnological production of natural astaxanthin by Phaffia rhodozyma yeast. CRITICAL REVIEWS IN FOOD SCIENCE AND NUTRITION, AUG 2021. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.