Busca avançada
Ano de início
Entree

Indicadores clínicos do risco de morte de pacientes com insuficiência renal crônica tratados com hemodiálise no período de 1990 a 2001 no Hosp das Clínicas da FMB/UNESP

Processo: 02/07326-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2002
Vigência (Término): 31 de agosto de 2003
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Jacqueline do Socorro Costa Teixeira Caramori
Beneficiário:Carla Romanholi de Arruda
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Insuficiência renal crônica   Morbidade   Mortalidade   Diálise renal   Fatores de risco

Resumo

A Insuficiência Renal Crônica (IRC) vem apresentando taxas de crescimento significativas entre as nações devido à maior oferta e facilidade de acesso ao tratamento e à redução de restrições aos idosos e portadores de outras doenças à diálise. Para o tratamento, recorre-se, na maioria dos casos, à Hemodiálise (HD) ou à Diálise Peritoneal (DP). No Brasil, observa-se o predomínio da utilização de HD, embora ambas as opções sejam eficientes. Inúmeros trabalhos mostram Diabetes mellitus, doenças cardiovasculares e desnutrição como importantes fatores de risco para morte precoce de pacientes em tratamento dialítico. Objetivos: identificação dos fatores de risco que interferem na sobrevida dos pacientes submetidas à HD no Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina de Botucatu-SP (FMB) e o impacto destes fatores na morbimortalidade destes pacientes. Materiais-e métodos: estudo retrospectivo dos pacientes em HD no período de 1990 a 2001 no HC-FMB, considerando características gerais, radiológicas, bioquímicas e nutricionais destes pacientes no momento imediatamente anterior ao início do tratamento dialítico. Formas de análise dos dados: teste do Qui Quadrado e teste exato de Fischer para associação dos dados; método de Kaplan-Meyer para análises de sobrevivência; método logístico de regressão para conjunto de diferentes variáveis em algumas respostas binárias. Significância estatística será definida como um valor de p < 0.05. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)