Busca avançada
Ano de início
Entree


Farinha de algas marinhas (schizochytrium sp.) na alimentação de cordeiros confinados : desempenho, digestibilidade e qualidade da carcaça e da carne

Texto completo
Autor(es):
Thiago Henrique Borghi
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias.
Data de defesa:
Membros da banca:
Mateus José Rodrigues Paranhos da Costa; Mauro Sartori Bueno; Márcia Helena Machado da Rocha Fernandes; Fabiana Alves de Almeida; Juliana Duarte Messana
Orientador: Américo Garcia da Silva Sobrinho
Resumo

Objetivou-se avaliar o desempenho, a digestibilidade dos nutrientes, os parâmetros quantitativos da carcaça e os qualitativos e sensoriais da carne de cordeiros Ile de France terminados em confinamento, recebendo dietas com crescentes inclusões de farinha de algas marinhas. Foram utilizados 32 cordeiros não castrados com aproximadamente 60 dias de idade e 20 ± 0,2 kg de peso corporal, alojados em baias individuais e abatidos aos 35,0 ± 0,2 kg. Os tratamentos foram compostos por quatro dietas: D0- silagem de milho + concentrado sem farinha de algas; D2- silagem de milho + concentrado + 2% de farinha de algas; D4- silagem de milho + concentrado + 4% de farinha de algas e D6- silagem de milho + concentrado + 6% de farinha de algas. A relação volumoso:concentrado foi 40:60, compondo dietas com semelhantes teores proteicos (15%) e energéticos (3,3 Mcal de energia digestível/kg de matéria seca). Os dados foram avaliados num delineamento experimental inteiramente casualizado, com quatro tratamentos e oito repetições. Os resultados foram submetidos à análise de variância e regressão, com os graus de liberdade desdobrados em efeitos linear, quadrático e cúbico. As inclusões de farinha de algas marinhas influenciaram (P<0,05) o consumo de nutrientes, com efeito linear decrescente para matéria seca (MS), matéria orgânica (MO), proteína bruta (PB), fibra insolúvel em detergente neutro (FDN), fibra insolúvel em detergente ácido (FDA) e energia bruta (EB), e crescente para a fração EE (ext... (AU)

Processo FAPESP: 16/02311-1 - Algas marinhas (Schizochytrium sp.) na alimentação de cordeiros confinados: desempenho, digestibilidade e qualidade da carcaça e da carne
Beneficiário:Thiago Henrique Borghi
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado