Busca avançada
Ano de início
Entree


Sensibilidade e adequação de ferramentas de avaliação de sustentabilidade a habitação de interesse social no Brasil

Texto completo
Autor(es):
Mariana Cristina Adão
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Data de defesa:
Orientador: Vanessa Gomes da Silva
Resumo

A preocupação com impactos ambientais e, em particular, consumo energético e consequente emissões de gases de efeito estufa - motiva a criação de métodos e sistemas para avaliar sustentabilidade de empreendimentos da construção civil. A maioria dos sistemas existentes, porém, apresenta limitações na aplicação a empreendimentos habitacionais de interesse social (HIS), seja por não incorporarem aspectos econômicos e sociais, ou por não incluírem ou integrarem as diferentes escalas de avaliação envolvidas. Esta pesquisa objetiva verificar se ferramentas existentes de avaliação de sustentabilidade são adequadas e suficientemente sensíveis para fornecer resultados significativos e aderentes ao contexto brasileiro de HIS. Na Revisão Sistemática da Literatura (RSL) realizada, foram identificados aspectos relevantes para a avaliação e ferramentas que os incluem em seus escopos. Por considerarem a avaliação de HIS desde a escala da unidade habitacional até o entorno e vizinhança, selecionou-se as ferramentas `Selo Casa Azul¿, do Brasil; `Housing Quality Indicators¿ (HQI), do Reino Unido; e `Sustainable Building Tool¿ (SBTool), de elaboração multinacional. A aplicação a quatro empreendimentos de HIS de variadas características construtivas e de concepção embasou (1) a análise de completude de escopo e da forma de avaliação (adequação) em relação ao Referencial Teórico (RT) delineado pela RSL, e (2) a capacidade de capturar e diferenciar níveis de desempenho (sensibilidade). Constatou-se que Selo Casa Azul e HQI não consideram diversos aspectos importantes e possuem escopos prescritivos, sendo que a forma de avaliação e demonstração de resultados conferem ao HQI um pouco mais sensibilidade. Já a SBTool é mais sensível, e combina um escopo mais completo à capacidade de ajuste para aderência ao contexto de avaliação. As modificações necessárias por vezes envolvem aspectos de grande complexidade e que requerem ampla compreensão do tema, mas elevam a qualidade dos resultados e valia das informações para auxiliar em tomadas de decisões (AU)

Processo FAPESP: 16/11291-4 - Adequação e sensibilidade de sistemas para avaliação de sustentabilidade existentes para habitação de interesse social
Beneficiário:Mariana Cristina Adão
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado