Busca avançada
Ano de início
Entree


Efeitos de dietas com diferentes conteúdos de ácidos graxos ômega-3 no metabolismo energético - modulação da função dos peroxissomos.

Texto completo
Autor(es):
Jarlei Fiamoncini
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas
Data de defesa:
Membros da banca:
Rui Curi; Carla Roberta de Oliveira Carvalho; Ana Maria Pita Lottenberg; Jacqueline Luz; Mario Jose Abdalla Saad
Orientador: Rui Curi
Resumo

Ácidos graxos ácidos saturados induzem resistência à insulina, enquanto ácidos graxos poliinsaturados ômega-3 previnem. Camundongos Swiss foram tratados com dieta controle e dietas contendo óleo de peixe a 4% (NFO) e 40% (HFO) ou banha de suínos a 4% (NL) e 40% (HL) por oito semanas. O grupo HFO apresentou menor massa gorda e peso corpóreo em relação ao HL. Nos grupos NFO e HFO, a insulinemia, glicemia basal e aquela durante o teste de tolerância à glicose foi menor em relação ao HL. Apesar de não haver diferenças no conteúdo de triacilgliceróis no músculo esquelético, o grupo HFO apresentou 60% menos triacilgliceróis no fígado que nos grupos NL e HL. O menor consumo de oxigênio associado ao aumento da oxidação parcial do ácido palmítico e da atividade da acil CoA oxidase no fígado dos animais HFO, indicam maior oxidação peroxissomal de AG. Este processo demanda a metabolização de maior número de moléculas de AG, contribuindo para o menor acúmulo de gordura e preservação da tolerância à glicose. (AU)

Processo FAPESP: 06/00345-4 - Modulação da resposta a insulina em músculo sóleo de ratos por ácidos graxos poliinsaturados ômega 3: efeitos na fosforilação de proteínas, atividade de PPARs, produção de eicosanóides e envolvimento de cavéolas
Beneficiário:Jarlei Fiamoncini
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado Direto