Busca avançada
Ano de início
Entree


Estimativa das exigências de treonina, lisina e metionina+cistina para frangas de postura por meio de modelos

Texto completo
Autor(es):
Melina Aparecida Bonato
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias.
Data de defesa:
Membros da banca:
Leilane Rocha Barros Dourado; Flavio Alves Longo; Luciano Hauschild; Nelson José Peruzzi
Orientador: Nilva Kazue Sakomura
Resumo

O objetivo deste trabalho foi determinar as exigências de treonina para poedeiras comerciais na fase de crescimento com base nos métodos dose-resposta e fatorial. No fatorial, utilizando dados de desempenho e abate comparativo, diferentes modelos foram utilizados para estimar exigências de treonina (thr). As exigências de THR foram estimadas durante três fases: inicial (4 a 6 semanas), cria (8 a 11 semanas) e recria (13 a 16 semanas) através de três ensaios realizados separadamente. As aves foram distribuídas em um DIC, com 8 tratamentos, 6 repetições e 8 aves por unidade experimental, exceto a fase inicial, onde foram utilizadas 15 pintainhas por unidade experimental. As rações foram formuladas conforme a técnica da diluição. As variáveis mensuradas em cada fase de crescimento foram: GP (g), CR (g), consumo de thr (mg/ave/dia), CA (kg/kg), peso absoluto (g) e relativo (%) das penas, e as deposições de proteína e de gordura (g/ave/dia) no corpo livre de penas e nas penas. A máxima deposição de proteína foi 4,0 ± 0,2; 5,3 ± 0,4 e 3,5 ± 0,5 g/d, nas fases 1, 2 e 3, respectivamente. Conforme a thr na dieta diminuiu, a deposição de lipídios no corpo aumentou. A eficiência de utilização da thr foi estimada por meio da regressão linear entre o consumo e a deposição do aminoácido, e não houve diferença entre as fases avaliadas (P>0.05) sendo estimada em 85,5%. Estas respostas do crescimento do corpo e penas são importantes na determinação do nível ótimo de thr nas dietas e aves de postura em fase de crescimento. Estes dados foram utilizados em dois modelos fatoriais para estimativa da exigência de thr para o crescimento, onde no primeiro foi considerada a mantença, perda de penas, deposição do aminoácido (corpo e penas) e eficiência de utilização, e no segundo, os mesmos parâmetros, porém adicionando-se a deposição do aminoácido no ovário e oviduto ... (AU)

Processo FAPESP: 10/12410-0 - Modelos para estimar as exigências de treonina para aves de postura em fase de crescimento
Beneficiário:Melina Aparecida Bonato
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado