Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de nanodispositivos teranósticos com propriedades dosimétricas para aplicações em física médica

Processo: 21/00786-0
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2021 - 31 de março de 2024
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Éder José Guidelli
Beneficiário:Éder José Guidelli
Instituição Sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Física médica  Nanopartículas  Sistemas híbridos  Nanomedicina teranóstica  Detectores de radiação 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Cintilação | Detectores de RadiaÇão Ionizante | fisica médica | microfluídca | Nanopartículas | Teranóstica | Física Médica

Resumo

Materiais nanoestruturados têm sido alvo de pesquisas crescentes diante da ampla aplicabilidade em diversas áreas do conhecimento. Nanopartículas híbridas, como as com estrutura core-shell, tem atraído ainda mais interesse por serem compostas por núcleos (core) e recobrimentos (Shell) de diferentes composições químicas, combinando as propriedades de diversos materiais para atender necessidades específicas em diversas aplicações. A interação entre os diferentes domínios que compõe uma nanopartícula híbrida pode originar uma série de fenômenos físicos e químicos que são determinados não só por sua composição, mas também pela configuração adotada. Em física médica, essas nanopartículas tem potenciais aplicações em novas técnicas de tratamento de câncer como na terapia fotodinâmica ativada (PDT) por raios X (X-PDT), na qual o fármaco pode ser ativado com radiação ionizante (raios X) devido à emissão radioluminescente da nanopartícula, combinando Radioterapia (RT) e PDT em um único tratamento. Além disso, nanopartículas cintiladoras com emissão de luz na região do vermelho e infravermelho poderiam ser empregadas para a dosimetria in vivo em tempo real com os nanodispositivos inseridos dentro da célula tumoral, uma vez que essa emissão coincide com a janela óptica/terapêutica dos tecidos biológicos. O objetivo desse projeto é desenvolvimento de nanopartículas híbridas para as aplicações em física médica supracitadas. Serão realizadas as caracterizações morfológico-estruturais, a investigação de suas propriedades luminescentes e dosimétricas, o estudo da interação dos nanomateriais com moléculas fotoativas para verificação da produção, armazenamento e/ou indução de espécies reativas de oxigênio (ROS), mediante exposição aos raios X e luz Uv-visível, permitindo o avanço da dosimetria das radiações ionizantes, bem como da X-PDT. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio::
Nobel de Química vai para pontos quânticos, que variam em energia e fluorescência conforme o tamanho 
Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FERREIRA, I. N.; ISIKAWA, M. M.; NUNES, L. H. S.; MICHELETTO, M. C.; GUIDELLI, E. J.. Magnetic nanoparticles covered with polycyclic aromatic hydrocarbons as singlet oxygen carriers for combining photodynamic therapy and magnetic hyperthermia. JOURNAL OF PHOTOCHEMISTRY AND PHOTOBIOLOGY A-CHEMISTRY, v. 444, p. 9-pg., . (21/00786-0)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.