Busca avançada
Ano de início
Entree

Late establishment of the attaching and effacing lesion caused by atypical enteropathogenic Escherichia coli depends on protein expression regulated by Per

Resumo

Escherichia coli enteropatogênica (EPEC) é classificada como típica (tEPEC) ou atípica (aEPEC) com base na presença ou ausência do plasmídeo pEAF, respectivamente. A característica principal da infecção por EPEC é a formação das lesões attaching and effacing (A/E) na mucosa do intestino. A cinética da formação da lesão A/E induzida por aEPEC e tEPEC foi comparada. A análise de células HEp-2 infectadas demonstraram claramente o retardo na formação da lesão A/E por aEPEC em comparação com tEPEC. Este atraso foi associado com a expressão de fatores de virulência codificados por LEE, ou seja, intimina e EspD. De fato, a inserção de um plasmídeo contendo perABC, um regulador da transcrição de fatores de virulência envolvidos na formação da lesão A/E, em amostras de aEPEC aumentou e acelerou a formação dessas lesões. Curiosamente, a maior expressão e translocação de proteínas codificados por LEE, como os expressos por LEE5 (intimina) e LEE4 (EspD), em aEPEC(perABC) foi independente da adesão bacteriana. A cinética da secreção destas duas proteínas que representam a expressão de LEE5 e LEE4 foi correlacionada com a formação da lesão A/E. Conclui-se que a falta de Per na rede de regulação de genes de virulência é um dos principais fatores que retardam o estabelecimento de lesões A/E induzidas por amostras de aEPEC. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)