Busca avançada
Ano de início
Entree

Abordagem multi e interdisciplinar para compreender padrões espaço-temporais de insetos praga e delinear paisagens para manejo sustentável de pragas em sistemas agrícolas tropicais

Processo: 14/16609-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de abril de 2015 - 31 de março de 2019
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Wesley Augusto Conde Godoy
Beneficiário:Wesley Augusto Conde Godoy
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba, SP, Brasil
Pesquisadores principais:Celso Omoto
Pesq. associados:Carolina Reigada Montoya ; Cláudia Pio Ferreira ; Fernando Luis Cônsoli ; Lourdes Esteva ; Luzia Aparecida Trinca
Bolsa(s) vinculada(s):18/18095-1 - Distribuição espacial de pragas polifagas sobre culturas perenes: modelagem estatística aplicada para determinar fatores influentes sobre a ocorrência espaço-temporal, BP.PD
17/19984-1 - Modelos matemáticos aplicados a sistemas hospedeiro-inseto-simbionte, BP.IC
16/11127-0 - Abordagem multi e interdisciplinar para compreender padrões espaço-temporais de insetos praga e delinear paisagens para manejo sustentável de pragas em sistemas agrícolas tropicais, BP.PD
+ mais bolsas vinculadas 15/26989-4 - Spatial dynamics and landscape structure of Spodoptera frugiperda, BP.PD
15/20380-8 - Modelagem ecológica da dispersão larval de Spodoptera frugiperda (Lepidoptera: Noctuidae) em algodão Bt: implicações para evolução e manejo da resistência, BP.DR
15/10640-2 - Abordagem matemática para a dinâmica espaço-temporal de populações de pragas em cultivos Bt e o estabelecimento de refúgio, BP.DR - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Autômatos celulares  Modelos matemáticos  Sistema de informação geográfica (SIG)  Paisagem  Pragas de plantas 

Resumo

Os efeitos da distribuição espacial de pragas e inimigos naturais serão investigados pela proposição de modelos espacialmente explícitos, com base em conceitos teóricos, experimentos e dados obtidos em laboratório e campo, a fim de estudar como os padrões ecológicos de paisagens agrícolas, incluindo aquelas com plantas Bt, influenciam a distribuição espacial e a dinâmica populacional de insetos praga. Os modelos definirão habitats de espécies dentro de arranjos caracterizados por reticulados produzidos por modelos de autômatos celulares e mapas acoplados. A compilação do sistema de informação geográfica (SIG) também será utilizada para avaliar o modelo em cenário agrícola real, representado pela paisagem agrícola da região Oeste do estado da Bahia e comparado com dados de campo coletados nesta área. O estudo será desenvolvido aplicando modelagem matemática em dois níveis, individual e populacional. Os modelos propostos em nível individual são sistemas dinâmicos discretos, com comportamento especificado em termos de relação local entre vizinhança definida. Os mapas acoplados em reticulados serão empregados para investigar o problema em nível populacional, com modelos caracterizados por uma rede que não é somente dependente das células vizinhas, mas também das conexões da célula foco, com todos os outros sítios na paisagem. As simulações teóricas serão utilizadas para definir estratégias para reduzir os danos das populações de pragas em plantações e sua expansão nas paisagens agrícolas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Pós-doutorado em Agronomia com bolsa da FAPESP 
Modelos computacionais estimam a movimentação de pragas agrícolas  
Pós-Doutorado em Ecologia Microbiana na Esalq 
Pós-Doutorado em Agronomia na USP com Bolsa da FAPESP