Busca avançada
Ano de início
Entree

Effects of whole flaxseed, raw soybeans, and calcium salts of fatty acids on measures of cellular immune function of transition dairy cows

Resumo

Objetivou-se avaliar os efeitos dos ácidos graxos omega-3 e omega-6 suplementares (AG) sobre a função imune celular de vacas leiteiras durante o período de transição. Os animais foram distribuídos aleatoriamente para receber uma das quatro dietas experimentais: controle (CON; n=11); Semente de linhaça (SL, fonte AG omega-3; n=11), 60 e 80 g / kg de SL (MS da dieta) durante o pré e pós-parto, respectivamente; Grão de soja cru e integral (GS, fonte de AG ômega-6; n=10), 120 e 160 g / kg de GS (MS dieta) durante o pré e pós-parto, respectivamente; e Sais de cálcio de AG insaturado (SCAG-Megalac®-E, fonte AG ômega-6; n=10), 24 e 32 g / kg de SCAG (MS dieta) durante o pré e pós-parto. Os AG suplementares não alteraram a ingestão de matéria seca (CMS) e produção de leite, mas melhorou o balanço de energia durante o período pós-parto. Dietas contendo fontes de AG ômega-3 e ômega-6 aumentaram a capacidade de fagocitose de leucócitos e monócitos, e atividade de fagocitose de monócitos. Além disso, os AG omega-3 aumentaram a capacidade de fagocitose dos leucócitos e neutrófilos, e aumento da atividade fagocítica de monócitos e neutrófilos, quando comparado com fontes de AG omega-6. AG suplementares influenciaram o sistema imunitário adaptativo, incluindo elevada percentagem de células T auxiliares, células T citotóxicas, células que expressam receptores IL-2, e moléculas de adesão CD62. Os resultados deste estudo sugerem que AG insaturado podem modular a imunidade inata e adaptativa celular e desencadear uma resposta pró-inflamatória. AG omega-3 parecem ter maior efeito sobre a capacidade e atividade de leucócitos fagocíticas quando comparado com AG ômega-6. (AU)