Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação do potencial de contaminação de alimentos por aminas aromáticas primárias (PAAs) com enfoque em utensílios domésticos coloridos

Resumo

As aminas aromáticas primárias (primary aromatic amines-PAAs) estão entre os contaminantes que devem ser monitorados constantemente, pois diversas PAAs apresentam efeitos genotóxicos, carcinogênicos e alergênicos de acordo com estudos toxicológicos in vitro e in vivo. Segundo a Organização Mundial de Saúde e a International Agency for Research on Cancer (WHO/IARC) diversas PAAs estão classificadas nos grupos 1, 2A e 2B, os quais, respectivamente, referem-se a substâncias cancerígenas, provavelmente cancerígenas para humanos ou possivelmente cancerígenas. A presença das PAAs em alimentos pode ocorrer devido à migração de componentes de materiais de embalagem multicamadas (uso de adesivos poliuretânicos) e ao uso de embalagens e utensílios domésticos coloridos, que utilizam os corantes e pigmentos orgânicos na sua formulação. Na UE várias campanhas de monitoramento sobre PAAs detectaram casos de descumprimento com os limites (10 µg kg-1), principalmente em materiais importados da China como utensílios de cozinha de poliamida. No Brasil não há informações, análise ou dados sobre a presença de PAAs em utensílios domésticos destinados a entrar em contato direto com alimentos, sejam eles nacionais ou importados. O controle de aminas aromáticas em pigmentos e corantes orgânicos ainda é restrito pela ausência de laboratórios com infraestrutura apropriada para estas análises. O presente projeto tem então como objetivo investigar o potencial de contaminação de alimentos por aminas aromáticas primárias (PAAs) com enfoque em utensílios domésticos coloridos. Para tanto, será desenvolvida e validada metodologia para determinação simultânea de diversas aminas aromáticas em utensílios domésticos destinados ao contato direto com alimentos utilizando cromatografia líquida e detecção por espectrometria de massas (LC-MS/MS). Estudar a presença de aminas aromáticas em utensílios domésticos coloridos em função da cor e em função do material como poliamidas, silicone e polipropileno e em função das condições de uso (forno convencional e micro-ondas) e quanto ao uso repetido. Além disso, serão avaliadas quanto a presença de PAAs utensílios domésticos como espátulas, conchas, formas de bolos e cupcakes, potes coloridos encontrados no varejo, sejam eles fabricados no Brasil ou importados. Desta forma, este projeto vem a preencher uma lacuna sobre a análise de PAAs nesses materiais. O conhecimento adquirido será repassado à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) para propor, se necessário, a criação de um regulamento técnico específico sobre PAAs em utensílios domésticos e/ou estabelecimento de limites de PAAs na legislação Brasileira e do Mercosul. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FAVARO PEREZ, MARY ANGELA; PADULA, MARISA; MOITINHO, DAISY; GRESPAN BOTTOLI, CARLA BEATRIZ. Primary aromatic amines in kitchenware: Determination by liquid chromatography-tandem mass spectrometry. Journal of Chromatography A, v. 1602, p. 217-227, SEP 27 2019. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.