Busca avançada
Ano de início
Entree

A matemática na formação de professores e no ensino: processos e dinâmicas de produção de um saber profissional, 1890-1990

Processo: 17/15751-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de dezembro de 2017 - 30 de novembro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Tópicos Específicos de Educação
Pesquisador responsável:Wagner Rodrigues Valente
Beneficiário:Wagner Rodrigues Valente
Instituição-sede: Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Guarulhos. Guarulhos , SP, Brasil
Pesq. associados: Luciane de Fatima Bertini ; Neuza Bertoni Pinto ; Rosilda dos Santos Morais
Bolsa(s) vinculada(s):19/13630-9 - A Matemática moderna para ensinar no primário (1960-1990): mudanças no saber profissional, BP.DR
19/04525-7 - Os arquivos da professora Alda Lodi: as apropriações estadunidenses para a constituição de uma nova matemática no ensino e na formação de professores, BP.PD
18/08760-8 - Maria montessori e as mudanças no saber profissional do professor que ensina matemática, BP.DR
18/23356-9 - As orientações de arnaldo de Oliveira Barreto aos professores para o ensino de aritmética: a revista eschola pública, 1896-1910, BP.IC
18/06521-6 - A aritmética na escola normal de São Paulo: processos de elaboração de um saber profissional, 1920-1950, BP.DR
Assunto(s):Formação de professores  Matemática  Ensino de matemática  Saberes escolares 

Resumo

Ao longo dos projetos desenvolvidos e em curso no GHEMAT, o tema formação de professores tem sido sugerido, de forma recorrente, para futuras investigações históricas. Ao constituir-se em nova etapa investigativa, esta proposta leva em conta conquistas anteriores do grupo tais como a consolidação de uma rede de pesquisadores, as práticas de trabalho coletivo que têm marcado suas atividades, os avanços obtidos em relação a produção dos projetos concluídos, a qualidade da base de dados digitalizados disponibilizada. Agregam-se ao perfil do grupo as aprendizagens do ofício de historiador e da operacionalização de conceitos da história cultural e a busca por novos referenciais para ampliação de sua base teórico-metodológica, como as recentes leituras advindas dos trabalhos realizados pela Equipe de Pesquisa em História das Ciências da Educação (ERHISE), da Universidade de Genebra, na Suíça. Tais referenciais voltam-se para a compreensão histórica dos saberes profissionais da docência, objetivados em termos de legislações, decretos, dentre outros, no que se refere aos saberes a ensinar e os saberes para ensinar. Para além dos saberes de experiência que integram a base da formação docente, já evidenciados em várias pesquisas, no presente projeto considera-se a Matemática como uma ferramenta da profissão docente, como um saber profissional comprometido com o ensino. Assim, este projeto tem seu foco nos saberes objetivados, saberes formalizados, passíveis de sistematização elaborados por processos históricos e dinâmicas articuladas da formação e do ensino da Matemática. O levantamento realizado em estudos recentes sobre formação de professores aponta ausência de pesquisas sobre saberes objetivados e sistematizados que são transformados em saberes institucionalizados para formar professores e para o ensino da Matemática nos primeiros anos escolares. Nesse sentido, esta proposta tem como objetivo geral investigar processos e dinâmicas constituintes do saber profissional do professor que ensina Matemática no período compreendido entre 1890-1990. Dada sua abrangência temporal, o projeto suscitou recortes específicos da ampla temática a ser investigada implicando seu desdobramento em quatro eixos cada qual abarcando no mínimo dez subprojetos, todos imbuídos em tornar inteligíveis processos constituintes da Matemática a ensinar e da Matemática para ensinar e suas dinâmicas de articulação. Embora centre suas discussões em diferentes aspectos dos complexos saberes profissionais, os eixos estruturantes mantém-se articulados, permitindo integrações entre suas respectivas propostas. A partir de diferentes recortes (experts, processos da Matemática a ensinar; processos da Matemática para ensinar; a Matemática ensinada) os subprojetos dos eixos buscam alcançar especificidades do projeto temático, seja aprofundando o quadro-teórico do trabalho comum, analisando o movimento de componentes curriculares da formação, reunindo e problematizando informações sobre experts em ações e normativas oficiais para a constituição de saberes profissionais, produzindo inventários que possibilitem análises de saberes a ensinar e saberes para ensinar Matemática, localizados em livros didáticos e manuais pedagógicos, cadernos e provas escolares, seja dando continuidade à organização da base de dados disponível no repositório digital, realizando encontros para discussão e aprimoramento da pesquisa e socializando dados em eventos científicos e meios de divulgação pertinentes à área. Dentre os resultados a serem obtidos no projeto será elaborada uma obra-síntese que pretende contribuir com o avanço do debate atual, da formação inicial de professores, sobre os saberes profissionais dos docentes que ensinam Matemática nos primeiros anos escolares. (AU)