Busca avançada
Ano de início
Entree

Mecanismos neurobiológicos subjacentes à lateralidade funcional do córtex pré-frontal medial nas reações de defesa induzidas pelo estresse de derrota social em camundongos

Resumo

O estresse é fator de risco para o desenvolvimento de diversos transtornos mentais. Contudo, nem todos expostos a um estressor desenvolvem transtornos, em razão da manifestação individual dos fenótipos de susceptibilidade ou resiliência. A busca pelos sistemas neurais envolvidos nesses fenótipos tem destacado o Córtex Pré-Frontal medial (CPFm) e, mais recentemente, a sua lateralidade funcional. Neste sentido, estudos sugerem que a exposição ao estresse crônico altera a funcionalidade do CPFm, com diferenças morfofuncionais dos hemisférios esquerdo e direito, culminando em alterações mal-adaptativas persistentes. Assim, a lateralidade funcional do CPFm parece implicada na expressão dos fenótipos diante de situações aversivas, fazendo-se importante verificar o mapeamento das projeções emitidas por essa estrutura e da caracterização do padrão de ativação das áreas que recebem estas aferências, utilizando-se um marcador neuronal e a imunoistoquímica para ”FosB, respectivamente. Ainda, alterações nos fatores de transcrição ”FosB e o envolvimento da neurotransmissão glutamatérgica também têm sido apontados como fundamentais para a expressão de tais fenótipos, tornando-se necessário estudar esses parâmetros em animais estressados. Concomitantemente, torna-se relevante verificar se o quadro neuroanatômico, funcional e comportamental produzido pelo estresse crônico pode ser mimetizado, parcial ou totalmente, pela inativação do CPFmE, através de lesão por NMDA, culminando em animais susceptíveis. Assim, o objetivo do presente trabalho é verificar se a lateralidade funcional do CPFm, com enfoque na neurotransmissão glutamatérgica, determina os diferentes fenótipos expressos por camundongos expostos à derrota social com coespecíficos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FARIA, M. P.; LAVERDE, C. F.; NUNES-DE-SOUZA, R. L. Anxiogenesis induced by social defeat in male mice: Role of nitric oxide, NMDA, and CRF1 receptors in the medial prefrontal cortex and BNST. Neuropharmacology, v. 166, APR 2020. Citações Web of Science: 0.
VICTORIANO, GABRIEL; SANTOS-COSTA, NATHALIA; MASCARENHAS, DIEGO CARDOZO; NUNES-DE-SOUZA, RICARDO LUIZ. Inhibition of the left medial prefrontal cortex (mPFC) prolongs the social defeat-induced anxiogenesis in mice: Attenuation by NMDA receptor blockade in the right mPFC. Behavioural Brain Research, v. 378, JAN 27 2020. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.