Busca avançada
Ano de início
Entree

Tolerância, tolerância cruzada e quebra de tolerância em modelo de asma experimental induzido por Blomia tropicalis

Processo: 06/52705-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2006
Vigência (Término): 31 de agosto de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Momtchilo Russo
Beneficiário:Érica Nogueira Borducchi
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/14297-6 - Ativação/desativação de macrófagos e linfócitos T CD4+ na asma experimental, AP.TEM
Assunto(s):Asma   Eosinófilos   Tolerância   Linfócitos T reguladores

Resumo

Asma é uma doença inflamatória pulmonar crônica caracterizada por bronco constrição intermitente, hipersecreção de muco, hiperatividade brônquica, eosinofilia e alta produção de IgE. A maioria dos estudos sobre asma experimental utiliza ovalbumina (OVA) como antígeno (Ag). Devido à relevância clínica dos ácaros, como Blomia tropicalis (Bt), no desenvolvimento de atopias, é importante desenvolver modelo experimental utilizando Bt e, assim, estudar os mecanismos de modulação das reações alérgicas induzidas por Bt. Dentre os possíveis mecanismos naturais de modulação da asma, escolhemos a tolerância nasal. Trabalhos experimentais em tolerância imunológica sugerem que este fenômeno pode ter um caráter “infeccioso”. Ou seja, a tolerância a determinado Ag pode acarretar a tolerância (cruzada) a Ag não relacionado; quando ambos Ags são administrados juntos. Resultados preliminares em nosso laboratório sugerem que pode existir modulação da asma utilizando OVA e HEL (lisozima de clara de ovo), e que HEL é pouco imunogênico em relação à OVA. Outros estudos indicam que podem existir condições que levam à quebra da tolerância. Por exemplo, respostas imunes concomitantes à indução de tolerância nasal, podem levar à quebra desta tolerância. Neste projeto pretendemos investigar: 1. se no modelo murino de asma induzido por Bt é possível induzir tolerância nasal; 2. se esta tolerância pode ser de forma cruzada utilizando-se HEL ou OVA, 3. e se a imunização com HEL ou OVA pode levar à quebra de tolerância a Bt. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BORTOLATTO, J.; BORDUCCHI, E.; RODRIGUEZ, D.; KELLER, A. C.; FAQUIM-MAURO, E.; BORTOLUCI, K. R.; MUCIDA, D.; GOMES, E.; CHRIST, A.; SCHNYDER-CANDRIAN, S.; SCHNYDER, B.; RYFFEL, B.; RUSSO, M. Toll-like receptor 4 agonists adsorbed to aluminium hydroxide adjuvant attenuate ovalbumin-specific allergic airway disease: role of MyD88 adaptor molecule and interleukin-12/interferon-gamma axis. CLINICAL AND EXPERIMENTAL ALLERGY, v. 38, n. 10, p. 1668-1679, Oct. 2008. Citações Web of Science: 47.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.