Busca avançada
Ano de início
Entree
Conteúdo relacionado

Integridade de substância branca em corpo caloso e desempenho neuropsicológico em crianças e adolescentes vítimas de violência e maus tratos: estudo morfométrico cerebral e de imagem por tensores de difusão

Processo: 10/15604-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2010
Vigência (Término): 30 de novembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Geraldo Busatto Filho
Beneficiário:Paulo Jannuzzi Cunha
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Transtornos relacionados ao uso de substâncias   Comportamento de risco   Adolescentes   Crianças   Desenvolvimento cognitivo   Neuropsicologia   Psicopatologia   Violência

Resumo

Apesar da alta prevalência de crianças e adolescentes vítimas de abuso, violência e maus tratos (CA-VAVMT), são escassos os estudos sobre as consequências no cérebro e funcionamento neuropsicológico. Há evidências de redução volumétrica do corpo caloso (CC), mas nenhum estudo, pelo que conhecemos, avaliou pormenorizadamente a substância branca (SB) em CC, junto com a transferência de informações entre os hemisférios cerebrais e a tomada de decisões, de acordo com o período de início das vivências de maus-tratos. O objetivo deste estudo é investigar a associação entre integridade, tamanho e deformidade do CC, transferência inter-hemisférica de dados somatossensoriais e tomada de decisões em CA-VAVMT. A amostra será composta por 100 crianças e adolescentes, entre 8 e 17 anos, divididos entre 60 CA-VAVMT e 40 controles (CA-CONT), que serão submetidos a ressonância magnética (RM), com análises por "Voxel-based Morphometry" (VBM), "Surface-based Modeling" (SBM) e "Diffusion Tensor Imaging" (DTI). A avaliação neuropsicológica será composta essencialmente pelos instrumentos Crossed Finger Localization Test (CFLT) e Iowa Gambling Task (IGT). Os dados permitirão o estudo de fatores que podem representar vulnerabilidade para o desenvolvimento de quadros psicopatológicos e danos cognitivos, que merecem atenção terapêutica e intervenções de prevenção em Saúde Pública. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Uso de cocaína na adolescência é mais prejudicial que na vida adulta, indica estudo 
Reabilitação cognitiva ajuda a tratar dependentes químicos 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.