Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do ácido graxo de cadeia curta butirato na modulação do perfil metabólico e do processo inflamatório intestinal em camundongos com obesidade induzida por dieta hiperlipídica.

Processo: 11/19247-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Niels Olsen Saraiva Câmara
Beneficiário:Andréa Moro Caricilli Blotta
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):13/23053-2 - O papel da proteína PKR na interação da microbiota intestinal com a barreira intestinal nas respostas metabólicas do hospedeiro, BE.EP.PD
Assunto(s):Resistência à insulina   Inflamação   Obesidade

Resumo

Estudos têm apontado que a microbiota intestinal está envolvida na endotoxemia metabólica induzida por dieta hiperlipídica, na inflamação do tecido adiposo, na geração de estresse oxidativo e, consequentemente, no desenvolvimento de desordens metabólicas. Sugere-se que a modulação da microbiota intestinal pelo uso de prebióticos em camundongos obesos possa agir favoravelmente na barreira intestinal, com conseqüências benéficas para desordens metabólicas associadas. Os ácidos graxos de cadeia curta, produtos da fermentação bacteriana, como, por exemplo, o butirato, têm sido descritos como indutores tróficos da mucosa intestinal, promovendo redução da permeabilidade intestinal pela reunião das proteínas de junção celular (ocludinas, claudinas e ZO-1). Entretanto, esse efeito não foi demonstrado in vivo e pouco se conhece acerca dos mecanismos celulares e moleculares envolvidos nas melhorias dos parâmetros metabólicos e inflamatórios promovidos pelo tratamento com butirato. Os estudos que associam modulação do sistema imunológico à microbiota intestinal sugerem que ela se dê por meio dos produtos de fermentação bacteriana, como o butirato, em função de suas ações na diferenciação e crescimento celular. Sendo assim, este trabalho visa a estudar o efeito do butirato na permeabilidade e na resposta imune intestinal e sistêmica, bem como na modificação do perfil metabólico de camundongos alimentados com dieta hiperlipídica.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)