Busca avançada
Ano de início
Entree

Participação dos fatores de acoplamento metabólico sobre o processo de secreção de insulina em camundongos submetidos à desnutrição proteica e obesidade experimental

Processo: 11/20196-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 31 de agosto de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Everardo Magalhães Carneiro
Beneficiário:Renato Chaves Souto Branco
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):13/25071-8 - Investigação dos efeitos da taurina sobre ilhotas pancreáticas superexpressando a glicoquinase, BE.EP.DR
Assunto(s):Desnutrição proteica   Secreção de insulina   Biologia molecular   Dieta hiperlipídica

Resumo

A secreção de insulina pode ser estimulada por vários nutrientes, neurotransmissores e hormônios peptídicos, porém, o seu principal secretagogo é a glicose. Obesidade e desnutrição estão relacionadas ao desequilíbrio do balanço energético, favorecendo a disfunção das células beta-pancreáticas. Animais submetidos à restrição protéica após o desmame, apresentam alterações no processo de secreção de insulina. Nesse aspecto, foi observada uma série de alterações moleculares induzidas por dieta hipoprotéica associadas à redução da secreção de insulina induzida por glicose (SIIG). No entanto, as alterações no controle dos metabólitos envolvidos na modulação da SIIG, em condições de desnutrição protéica, permanecem pouco conhecidas. Todavia, evidências sugerem um comprometimento do acoplamento entre a via glicolítica e o metabolismo mitocondrial, prejudicando a produção de ATP e demais fatores de acoplamento metabólicos nas células beta-pancreáticas, resultando em alterações no processo de secreção insulínica. A perda do acoplamento entre a glicólise e o metabolismo mitocondrial vem sendo apontado como um dos fatores relacionados ao desenvolvimento de outras doenças, como a obesidade e o diabetes. Tanto as dietas hipocalóricas quanto a hiperlipídica, durante fases importantes do desenvolvimento, induzem uma série de alterações no metabolismo da glicose nas ilhotas pancreáticas, entretanto, neste sentido, a associação entre esses dois tratamentos ainda não foi investigada. Diante disso, o nosso objetivo é investigar os mecanismos moleculares envolvidos no controle metabólico da SIIG em animais desnutridos precocemente e posteriormente induzidos à obesidade experimental.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.