Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do treinamento físico aeróbio na inflamação pulmonar alérgica crônica em camundongos: papel da sinalização purinérgica

Processo: 12/23305-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2013
Vigência (Término): 31 de março de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Rodolfo de Paula Vieira
Beneficiário:Flavia Regina Greiffo
Instituição-sede: Universidade Nove de Julho (UNINOVE). Campus Vergueiro. São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):13/23763-0 - O papel das células epiteliais brônquicas em modelos experimentais de asma, BE.EP.MS
Assunto(s):Trifosfato de adenosina   Reabilitação pulmonar   Receptores purinérgicos   Asma   Pneumologia   Inflamação   Treinamento físico

Resumo

Nos últimos anos um crescente número de estudos tem demonstrado que o treinamento físico aeróbio (TFA), quando realizado de maneira adequada em termos de intensidade, duração e freqüência, apresenta inúmeros benefícios para o paciente asmático, incluindo melhora na qualidade de vida, diminuição dos níveis de ansiedade e depressão, melhora da ventilação minuto, diminuição do número de crises, diminuição dos níveis de óxido nítrico exalado, além de diminuir a necessidade diária de corticoesteróides. Mais recentemente, foi demonstrado pela primeira vez que o TFA apresenta um efeito antiinflamatório direto sobre as vias aéreas do paciente asmático, uma vez que o TFA diminuiu o número de eosinófilos no escarro induzido desses pacientes. Entretanto, inúmeras perguntas e hipóteses foram levantadas sobre os possíveis mecanismos envolvidos nesse efeito antiinflamatório do TFA na asma. Nesse sentido, um crescente número de estudos com animais de experimentação em modelos de asma têm sido publicados, os quais têm revelado possíveis vias de atuação do TFA na asma. Entretanto, até o momento nenhum estudo avaliou os efeitos do TFA sobre a via dos receptores purinérgicos, os quais têm um papel central na fisiopatologia da asma. Portanto, o presente estudo objetiva avaliar se os efeitos antiinflamatórios do TFA na asma é mediado, pelo menos em parte, pela inibição da expressão dos receptores purinérgicos, assim como pela diminuição dos níveis do principal ativador dos receptores purinérgicos, a adenosina trifosfato (ATP) extracelular. Para isso, serão utilizados 60 camundongos C57Bl/6 machos, divididos em 4 grupos experimentais (Controle, n = 20), (Exercício, n = 20), (Asma, n = 20) e (Asma + Exercício, n = 20). O modelo de "asma" (inflamação pulmonar alérgica crônica) será induzido através de injeção intra-peritoneal com ovalbumina nos dias 0 e 14, seguidos por inalação com solução de ovalbumina (1%) três vezes por semana, a partir do dia 21 até o dia 53 do protocolo experimental. Com o intuito de avaliar o efeito terapêutico do TFA sobre a inflamação e sobre a via dos receptores purinérgicos, o TFA de baixa intensidade será realizado 5x/semana, 60 minutos/sessão, iniciando no dia 27 do protocolo experimental até o dia 53, quando a inflamação das vias aéreas já está estabelecida. Vinte e quatro horas após a última inalação e sessão de treinamento, os animais serão anestesiados, traqueostomizados, canulados e o lavado broncoalveolar será coletado e analisado para os níveis de ATP e também para o número de células totais e a contagem diferencial. A análise da mecânica respiratória, assim como a hiperresponsividade brônquica também serão avaliadas. Será realizada também a histologia nos pulmões para quantificação do número de linfócitos e eosinófilos nas vias aéreas, assim como o remodelamento brônquico. Será realizada também a avaliação da expressão dos seguintes receptores purinérgicos (P2X7, P2Y2 e P2Y6) no homogenato do tecido pulmonar através da técnica de western blotting e também através de imunohistoquímica. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DURIGON, THOMAS STRAVINSKAS; MACKENZIE, BREANNE; OLIVEIRA-JUNIOR, MANOEL CARNEIRO; SANTOS-DIAS, ALANA; DE ANGELIS, KATIA; MALFITANO, CHRISTIANO; DA PALMA, RENATA KELLY; GUERRA, JULIANA MORENO; DAMACENO-RODRIGUES, NILSA REGINA; CALDINI, ELIA GARCIA; DE ALMEIDA, FRANCINE MARIA; AQUINO-SANTOS, HELIDA CRISTINA; RIGONATO-OLIVEIRA, NICOLE CRISTINE; LEAL DE OLIVEIRA, DANIELLE BRUNA; AIMBIRE, FLAVIO; LIGEIRO DE OLIVEIRA, ANA PAULA; FRANCO DE OLIVEIRA, LUIZ VICENTE; DURIGON, EDISON LUIZ; HIEMSTRA, PIETER S.; VIEIRA, RODOLFO P. Aerobic Exercise Protects from Pseudomonas aeruginosa-Induced Pneumonia in Elderly Mice. JOURNAL OF INNATE IMMUNITY, v. 10, n. 4, p. 279-290, 2018. Citações Web of Science: 2.
ALBERCA-CUSTODIO, RICARDO WESLEY; GREIFFO, FLAVIA REGINA; MACKENZIE, BREANNE; OLIVEIRA-JUNIOR, MANOEL CARNEIRO; ANDRADE-SOUSA, ADILSON SANTOS; GRAUDENZ, GUSTAVO SILVEIRA; GOMES SANTOS, ANGELA BATISTA; DAMACENO-RODRIGUES, NILSA REGINA; CASTRO-FARIA-NETO, HUGO CAIRE; ARANTES-COSTA, FERNANDA MAGALHAES; MARTINS, MILTON DE ARRUDA; ABBASI, ASGHAR; LIN, CHIN JIA; IDZKO, MARCO; LIGEIRO OLIVEIRA, ANA PAULA; NORTHOFF, HINNAK; VIEIRA, RODOLFO PAULA. Aerobic Exercise Reduces Asthma Phenotype by Modulation of the Leukotriene Pathway. FRONTIERS IN IMMUNOLOGY, v. 7, JUN 14 2016. Citações Web of Science: 10.
OLIVEIRA, JR., MANOEL CARNEIRO; GREIFFO, FLAVIA REGINA; RIGONATO-OLIVEIRA, NICOLE CRISTINE; ALBERCA CUSTODIO, RICARDO WESLEY; SILVA, VANESSA ROZA; DAMACENO-RODRIGUES, NILSA REGINA; ALMEIDA, FRANCINE MARIA; ALBERTINI, REGIANE; LOPES-MARTINS, RODRIGO ALVARO B.; FRANCO DE OLIVEIRA, LUIS VICENTE; CAMILLO DE CARVALHO, PAULO DE TARSO; LIGEIRO DE OLIVEIRA, ANA PAULA; LEAL, JR., ERNESTO CESAR P.; VIEIRA, RODOLFO P. Low level laser therapy reduces acute lung inflammation in a model of pulmonary and extrapulmonary LPS-induced ARDS. JOURNAL OF PHOTOCHEMISTRY AND PHOTOBIOLOGY B-BIOLOGY, v. 134, p. 57-63, MAY 5 2014. Citações Web of Science: 22.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.