Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos efeitos do tratamento intracerebroventricular com agonistas seletivos dos receptores GPR120 e GPR40 em camundongos com obesidade induzida por dieta rica em gordura

Processo: 14/26942-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2015
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Licio Augusto Velloso
Beneficiário:Nathalia Romanelli Vicente Dragano
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07607-8 - CMPO - Centro Multidisciplinar de Pesquisa em Obesidade e Doenças Associadas, AP.CEPID
Bolsa(s) vinculada(s):17/14963-6 - Avaliação dos efeitos da deleção do receptor de ácidos graxos livres 1 (FFAR1) em neurônios POMC sobre a homeostase energética, BE.EP.PD
Assunto(s):Hipotálamo   Inflamação   Obesidade

Resumo

Durante as duas últimas décadas, diversos estudos demonstraram que um estado de inflamação sistêmica, crônica e de baixa intensidade está associado à obesidade e ao consumo de dietas ricas em gordura saturada, tanto em roedores quanto em humanos. Inicialmente este quadro inflamatório foi descrito em tecidos periféricos, entretanto, um trabalho publicado por nosso grupo forneceu a primeira evidência de que alterações inflamatórias também são detectáveis no hipotálamo de roedores com obesidade induzida por dieta rica em gordura saturada. Ao contrário, o consumo de ácidos graxos mono e poli-insaturados, sobretudo dos ácidos graxos da família ômega 3, tem sido associado com inúmeros benefícios à saúde, incluindo a melhora de doenças de caráter inflamatório e autoimunes. Dentre estes benefícios, foi descrito que os ácidos graxos insaturados desempenham ação anti-inflamatória no hipotálamo e são capazes de reverter outros efeitos deletérios induzidos por dieta rica em gordura saturada. Estudos recentes revelaram que pelo menos alguns dos efeitos anti-inflamatórios conhecidos dos ácidos graxos ômega 3 são mediados por sua interação com o receptor acoplado a proteína G 120 (GPR 120), em macrófagos e adipócitos maduros. Resultados obtidos durante o meu doutorado (ainda não publicados e portanto confidenciais) revelaram que o GPR120 e GPR40 são expressos no hipotálamo de camundongos, entretanto, o GPR120 é expresso predominantemente em células da microglia e o GPR40 em neurônios hipotalâmicos. Observamos também que o tratamento intracerebroventricular como agonista sintético do GPR120, GW9508, foi eficiente para ativar a transdução do sinal do GPR120 no hipotálamo e que o tratamento com GW9508, durante 6 dias, ativa uma resposta anti-inflamatória no hipotálamo de camundongos magros e obesos.O objetivo deste estudo é avaliar o efeito do tratamento intracerebroventricular com os agonistas seletivos TUG1197 e TUG905 para os receptores GPR120 e GPR40, respectivamente, sobre o metabolismo de camundongos com obesidade induzida por dieta. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
HADDAD-TOVOLLI, ROBERTA; DRAGANO, NATHALIA R. V.; RAMALHO, ALBINA F. S.; VELLOSO, LICIO A. Development and Function of the Blood-Brain Barrier in the Context of Metabolic Control. FRONTIERS IN NEUROSCIENCE, v. 11, APR 21 2017. Citações Web of Science: 23.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.