Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de carreadores lipídicos nanoestruturados funcionalizados com ácido hialurônico para liberação modificada de anestésicos locais por via intra-articular

Processo: 15/26189-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2016
Vigência (Término): 23 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Bioquímica e Molecular
Pesquisador responsável:Daniele Ribeiro de Araujo
Beneficiário:Renato Grillo
Instituição-sede: Centro de Ciências Naturais e Humanas (CCNH). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/14457-5 - Carreadores baseados em lipídios (SLN/NLC e lipossomas com gradiente iônico) como estratégia para aumentar a encapsulação e a potência de anestésicos locais, AP.TEM
Assunto(s):Dor   Anestésicos locais   Anestesia

Resumo

O manejo da dor pós-operatória aliado aos efeitos colaterais dos analgésicos são fatores críticos que influenciam na melhora e na satisfação do paciente em procedimentos cirúrgicos ortopédicos de grande porte, tais como a artroplastia. A administração sistêmica de opióides vem sendo utilizada para o alivio da dor, porém está atrelada a diversos efeitos colaterais, incluindo náuseas, tonturas, vômitos, retenção urinária, prurido, bradipnéia e sedação, os quais podem retardar a reabilitação e aumentar o tempo de permanência do paciente no hospital.Atualmente, como uma alternativa para reduzir o uso de opióides sistêmicos, os anestésicos locais (AL), como abupivacaína (BVC) e ropivacaína (RVC) estão sendo administrados diretamente no local do trauma cirúrgico,produzindo boa analgesia sem prejudicar a função motora do paciente. No entanto, os AL possuem pequeno tempo de permanência na região articular e assim é necessário a administração de múltiplas doses ou o uso de cateteres acoplados a uma bomba de infusão para prolongar a administração e o efeito do fármaco nesta região. Apesar disso, ouso destas bombas de infusão está relacionado com maior risco de infecção e necrose do tecido. Assim, novas estratégias para prolongar o efeito dos AL na região articular necessitam ser desenvolvidas buscando carreadores que possam ter características semelhantes aos fluidos da região sinovial. Neste sentido, a proposta deste projeto envolve o desenvolvimento de um sistema de liberação modificada utilizando carreadores lipídicos nanoestruturados (CLN)funcionalizados com ácido hialurônico (principal polissacarídeo presente no líquido sinovial) para anestésicos locais,tais como bupivacaína (BVC) ou ropivacaína (RVC), visando administração pela via intra-articular (IA). A proposta envolve três etapas, sendo a primeira o preparo e caracterização físico-química dos nanocarreadores funcionalizados, a segunda o estudo da cinética de liberação e a terceira a avaliação da atividade in vitro deste sistema nanoestruturado contendo AL. A importância deste trabalho reside na necessidade do desenvolvimento de novas formulações farmacêuticas para AL no controle da dor pós-operatória, a fim de produzir formulações com maior associação de fármaco, maior estabilidade, longa duração de ação e menor toxicidade (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GRILLO, RENATO; DIAS, V, FABIANA; QUEROBINO, SAMYR M.; ALBERTO-SILVA, CARLOS; FRACETO, LEONARDO F.; DE PAULA, ENEIDA; DE ARAUJOL, DANIELE R. Influence of hybrid polymeric nanoparticle/thermosensitive hydrogels systems on formulation tracking and in vitro artificial membrane permeation: A promising system for skin drug-delivery. COLLOIDS AND SURFACES B-BIOINTERFACES, v. 174, p. 56-62, FEB 1 2019. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.