Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise de marcadores sanguíneos em pacientes com Osteossarcoma, Sarcomas de Partes Moles e Tumor Desmóide

Processo: 19/18100-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2019
Vigência (Término): 30 de novembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Ludmilla Thomé Domingos Chinen
Beneficiário:Alexcia Camila Braun
Instituição-sede: A C Camargo Cancer Center. Fundação Antonio Prudente (FAP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Biópsia líquida   Células neoplásicas circulantes   Osteossarcoma   Sarcoma alveolar de partes moles   Fibromatose agressiva   Expressão de proteínas   Imuno-histoquímica   Reação em cadeia por polimerase (PCR)

Resumo

Células Tumorais Circulantes (CTCs) são células raras que se desprendem do tumor, invadem os vasos sanguíneos e são capazes de alcançar novos locais para formar uma micrometástase única ou múltipla. O Tumor Desmoide, também conhecido como Fibromatose Agressiva, é um tipo de Câncer raro, localmente invasivo e não metastático. A pesquisa e a localização de CTC neste grupo de tumores desmóides não metastáticos e a expressão de proteínas nessas células podem contribuir para um tratamento personalizado para esses pacientes. Os sarcomas de partes moles e ósseo incluem um grande grupo heterogêneo e de vários subtipos de origem mesenquimal, eles são tumores raros e agressivos. Pesquisando e encontrando CTC nesses grupos, a expressão de proteínas nessas células e a análise de mutações podem contribuir para um tratamento personalizado para esses pacientes. Objetivo: quantificar CTCs, expressão de proteínas específicas e mutações através de ddPCR, além de estabelecer cultura primária dessas células. Métodos: o sangue (aproximadamente 12mL) será coletado prospectivamente de pacientes com Tumor Desmoide e Sarcoma. As amostras serão processadas e filtradas na tecnologia ISET (Isolamento por Tamanho de Células Tumorais Epiteliais, Rarecells, França) para o isolamento de CTCs. Para quantificação e caracterização será realizada a imunocitoquímica (ICC), para análise de mutação, será realizada a ddPCR. Resultados esperados: Esperamos que este estudo possa mostrar se as CTCs podem ser usadas como "biópsias líquidas" tanto em pacientes com tumor desmoide como em sarcomas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ABDALLAH, EMNE ALI; SILVA, VIRGILIO SOUZA E.; BRAUN, ALEXCIA CAMILA; GASPARINI, VANESSA ALVES; CATIN KUPPER, BRUNA ELISA; TARIKI, MILENA SHIZUE; RODRIGUEZ TARAZONA, JOSE GABRIEL; TAKAHASHI, RENATA MAYUMI; AGUIAR JUNIOR, SAMUEL; DOMINGOS CHINEN, LUDMILLA THOME. A higher platelet-to-lymphocyte ratio is prevalent in the presence of circulating tumor microemboli and is a potential prognostic factor for non-metastatic colon cancer. TRANSLATIONAL ONCOLOGY, v. 14, n. 1 JAN 2021. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.