Busca avançada
Ano de início
Entree

A constituição de sujeitos da linguagem, em bebês com e sem deficiência auditiva

Processo: 05/52984-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2005
Vigência (Término): 30 de setembro de 2007
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia do Desenvolvimento Humano
Pesquisador responsável:Katia de Souza Amorim
Beneficiário:Luciana Aparecida Rodrigues
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Deficiência auditiva   Aquisição da linguagem   Dialogismo

Resumo

Ao partir da perspectiva teórico-metodológica da Rede de Significações (RedSig), dentro da Psicologia do Desenvolvimento, destaca-se a centralidade das relações sociais nos processos de desenvolvimento, os quais se dão dialética e dialogicamente, pela inter-dependência entre as pessoas. Nessa proposta a noção bakhtiana de dialogismo é incorporada, podendo ser utilizada no estudo da aquisição de linguagem. Neste campo, à RedSig (como Bakhtin) amplia a noção da linguagem, ultrapassando a forma verbal/oral. Ainda, a perspectiva dialógica leva a pensar no modo como os outros colocam as crianças como sujeitos da linguagem. Diante disso, traçou-se como meta investigar como se dá o processo de aquisição de linguagem no primeiro ano de vida; particularmente, como os bebês se constituem enquanto sujeitos da linguagem nas suas relações; e como isso se dá em bebês ouvinte e com deficiência auditiva (severa ou profunda). O registro será feito por meio de gravações em vídeo (VHS). No bebê ouvinte, as gravações fazem parte do Banco de Dados de Vídeo do Projeto Integrado Processos de Adaptação de Bebês a Creche. O bebê focal será selecionado entre 21. No outro, as gravações serão feitas pela pesquisadora, após seleção em hospital terciário. A RedSig norteará a coleta e análise dos, dados. A construção do corpus se fará através de transcrição microgenética das cenas de vídeo. Far-se-á uma análise rnicrogenética destas cenas. O projeto está vinculado ao Projeto Dialogia e Significação na Rede de Significações apoiado pela FAPESP. (AU)