Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da colocalização dos receptores purinérgicos p2x2 e p2x7 com neurônios do sistema nervoso entérico e células gliais entéricas do íleo de ratos submetidos à isquemia/reperfusão intestinal

Processo: 08/08728-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2009
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Anatomia
Pesquisador responsável:Patricia Castelucci
Beneficiário:Cristina Eusébio Mendes
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Sistema nervoso entérico   Intestinos

Resumo

O ATP é conhecido como um neurotransmissor e seus receptores são os da família P2X1-7 (ABBRACHIO E BURNSTOCK, 1998) e, foi demonstrada a presença de receptor purinérgico P2X2-3 no sistema nervoso entérico (CASTELUCCI et al., 2002, POOLE et al., 2002; CASTELUCCI et al., 2003). No trato digestório a isquemia/reperfusão intestinal acarreta alterações morfológicas nos neurônios entéricos (LINDESTRÖM e EKBLAD, 2004), sendo que a isquemia/reperfusão intestinal é observada em patologias como: na isquemia mesentéria aguda e Doença de Crohn que apresentam como processos patofisiológicos a necrose do intestino. Este projeto visa estudar no sistema nervoso entérico do íleo de ratos submetidos a isquemia/reperfusão intestinal da artéria ileal: a) distribuição dos receptores P2X2 e P2X7, b) a proporção dos neurônios imunorreativos a anti HuC/D (marcador neuronal) que apresentam coexpressão com neurônios dos receptores purinérgicos P2X2 e P2X7, c) a proporção de células gliais entéricas imunorreativas ao S-100 e que coexpressam receptor P2X2 e P2X7, d) Os perfis celulares e densidade de neurônios (neurônio/mm2) imunorreativos aos receptores P2X2, P2X7 e ao anti HuC/D e célula glial. Serão analisados os íleos de ratos (n=4 isquêmicos e n=4 controles por grupo) submetidos a isquemia por 30 minutos e com 2, 12, 24, 72 horas, 7 dias e 1 mês de reperfusão. Os tecidos serão preparados por métodos imunohistoquímicos de simples e duplas marcações do receptor P2X2 e P2X7 e do marcador neuronal (anti-HuC/D) e marcador das células gliais (S-100). As análises qualitativas e quantitativas das contagens das colocalizações, das densidades e perfis neuronais e gliais serão obtidas dos microscópios da fluorescência e de Confocal de Varredura à Laser. Após, serão feitas análises estatísticas.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MENDES, CRISTINA EUSEBIO; PALOMBIT, KELLY; VIEIRA, CATIA; SILVA, ISABEL; CORREIA-DE-SA, PAULO; CASTELUCCI, PATRICIA. The Effect of Ischemia and Reperfusion on Enteric Glial Cells and Contractile Activity in the Ileum. Digestive Diseases and Sciences, v. 60, n. 9, p. 2677-2689, . (08/08728-5, 12/00259-1, 08/05314-5, 12/06434-0)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.