Busca avançada
Ano de início
Entree


Caracterização genotípica de pacientes brasileiros com deficiência em processos de reparo de DNA.

Texto completo
Autor(es):
Ligia Pereira Castro
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas
Data de defesa:
Membros da banca:
Carlos Frederico Martins Menck; Rodrigo da Silva Galhardo; Soraia Attie Calil Jorge; Oswaldo Keith Okamoto; Mari Cleide Sogayar
Orientador: Carlos Frederico Martins Menck
Resumo

Mutações em genes da via de reparo de DNA por excisão de nucleotídeo estão associados a doenças genéticas raras, como Xeroderma pigmentosum, Síndrome de Cockayne e Tricotiodistrofia. Este trabalho teve como objetivo identificar mutações responsáveis por essas Síndromes em pacientes brasileiros. Inicialmente o projeto teve como foco o estudo da comunidade de Araras, no interior de Goiás, onde existe uma das maiores incidências de pacientes XP no mundo. Duas mutações foram identificadas no gene POLH, associadas a dois efeitos fundadores independentes na região. Os dezessete pacientes, entre 10 e 80 anos, caracterizados geneticamente apresentam uma grande heterogeneidade das manifestações clínicas, com fenótipos brandos à extremamente agressivos. Esse estudo se estendeu a mais dezessete pacientes de todo o Brasil, incluindo outros grupos de complementação de XP, CS e TTD. Na segunda parte deste trabalho avaliamos a resposta das linhagens XP-V ao tratamento com cisplatina. Foi possível observar que essas linhagens são mais sensíveis aos danos induzidos pela cisplatina, encontram problemas na fase G1/S de replicação e possuem um aumento da marcação high-level para histona gH2AX. (AU)

Processo FAPESP: 13/17513-0 - Caracterização celular e molecular de pacientes Xeroderma pigmentosum brasileiros
Beneficiário:Ligia Pereira Castro
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado Direto