Busca avançada
Ano de início
Entree


Decomposição de resíduos vegetais de culturas de entressafra em sistema de semeadura direta e efeitos nos atributos químicos de um Latossolo e na produtividade de soja e milho

Texto completo
Autor(es):
Adolfo Valente Marcelo
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: Jaboticabal. 108 f.
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias.
Data de defesa:
Membros da banca:
Rogério Peres Soratto; Luís Reynaldo Ferraciú Alleoni; José Carlos Barbosa; Carlos Eduardo Angeli Furlani
Orientador: José Eduardo Corá
Resumo

Em sistema de semeadura direta, os resíduos das culturas de entressafra são utilizados para protegerem a superfície do solo dos agentes erosivos e promoverem a ciclagem de nutrientes. O objetivo desse trabalho foi avaliar o efeito de sequências de culturas na quantidade, qualidade, decomposição e liberação de nutrientes dos resíduos vegetais de culturas de entressafra, bem como a cobertura do solo proporcionada pelos resíduos, na fertilidade do solo, nas frações particulada e associada aos minerais de C, nas substâncias húmicas do solo e na produtividade de milho e soja cultivados no verão, em região de clima tropical. O experimento foi conduzido em Jaboticabal, SP (48°15’22’’ W e 21°18’58’’ S), em um Latossolo Vermelho eutrófico. O delineamento experimental foi em faixas, com três repetições. Os tratamentos foram constituídos pela combinação de três sequências de culturas de verão (rotação soja-milho, monocultura de milho e monocultura de soja) com sete culturas de entressafra (milho, sorgo, girassol, crotalária, guandu, nabo forrageiro e milheto). O experimento foi iniciado em 2002 e o presente estudo se refere aos anos agrícolas 2008/2009 e 2009/2010. Avaliaram-se as quantidades de matéria seca e acúmulo de N, P, K, Ca, Mg e S pelas culturas de entressafra, bem como a dinâmica de decomposição e liberação dos nutrientes, por meio da utilização de sacolas de decomposição, com os seguintes períodos de avaliação: 15, 30, 60, 120 e 180 dias. A cobertura do solo foi avaliada após o manejo e ao final de cada ano agrícola. Amostras de solo foram coletadas nas camadas 0-10, 10-20 e 20-30 cm de profundidade em duas ocasiões, antes da semeadura das culturas de entressafra, em março, e de verão, em outubro, nos anos de 2008 e 2009. As amostras de solo foram submetidas às análises químicas para determinação dos teores... (AU)

Processo FAPESP: 07/59433-2 - Decomposicao de residuos vegetais de culturas de entressafra em sistema de semeadura direta e efeitos nos atributos quimicos de um latossolo e na produtividade de soja e milho.
Beneficiário:Adolfo Valente Marcelo
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado