Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do Web of Science, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Leafing patterns and leaf exchange strategies of a cerrado woody community

Texto completo
Autor(es):
Gutierrez de Camargo, Maria Gabriela [1] ; de Carvalho, Gustavo Henrique [1] ; Alberton, Bruna de Costa [1, 2] ; Reys, Paula [1, 3] ; Cerdeira Morellato, Leonor Patricia [1]
Número total de Autores: 5
Afiliação do(s) autor(es):
[1] UNESP Univ Estadual Paulista, Inst Biociencias, Dept Bot, Lab Fenol, Rio Claro, SP - Brazil
[2] UNESP Univ Estadual Paulista, Inst Biociencias, Programa Posgrad Ecol & Biodiversidade, Rio Claro, SP - Brazil
[3] Univ Rio Verde, Campus 1, Rio Verde, Go - Brazil
Número total de Afiliações: 3
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Biotropica; v. 50, n. 3, p. 442-454, MAY 2018.
Citações Web of Science: 2
Resumo

The deciduousness of tropical trees and communities depend on ecosystems characteristics such as plant species diversity, and strength of the dry season. Based on seven years of phenological observations, we provide the first long-term description of leafing patterns of a woody cerrado community, aiming to investigate (1) the leaf exchange strategies considering the interannual variation in the degree of deciduousness of individuals and species and quantify the community deciduousness; (2) the relationship between interannual patterns of leaf fall and leaf flush according to the species' leaf exchange strategies and climate; (3) the onset of cerrado growing season and its relation to climate seasonality. To detect seasonality and leafing onset we applied circular statistics and to understand the relationships between environmental predictors and leaf exchange strategies, we used generalized additive models. From 106 species observed, we classified 69 as deciduous (26 species), semi-deciduous (25) or evergreen (18) and defined the studied cerrado as a semi-deciduous vegetation. Leaf phenology was markedly seasonal and similar among years. Leaf fall peaked in the dry season, and leaf flush in the dry-to-wet transition. Leaf fall patterns related to temperature and leaf flush to day length and rainfall. Semi-deciduous and deciduous species were more constrained by climate than the evergreen ones. The cerrado growing season started in the dry-to-wet season transition. Interannual variations in rainfall and temperature affected the individuals' and, consequently, species' degree of deciduousness, highlighting individual and species variability, and suggesting that cerrado leafing patterns are likely susceptible to future climate change scenarios. Resumo A deciduidade das arvores e comunidades tropicais depende de caracteristicas do ecossistema como a diversidade de especies de plantas e a intensidade da estacAo seca. Baseados em sete anos de observacoes fenologicas, apresentamos uma descricAo de longo prazo de padroes vegetativos de uma comunidade lenhosa de cerrado com o objetivo de investigar: (1) as estrategias de trocas foliares considerando a variacAo interanual no grau de deciduidade dos individuos e especies e quantificar a deciduidade da comunidade; (2) as relacoes entre padroes interanuais de queda e brotamento foliar conforme a estrategia de trocas foliares das especies e o clima; (3) o inicio da estacAo de crescimento da comunidade de cerrado estudada e sua relacAo com a sazonalidade climatica. Utilizamos estatistica circular para analisar a sazonalidade fenologica e o inicio do brotamento foliar na comunidade, e modelos aditivos generalizados para entender as relacoes entre variaveis ambientais e as estrategias de trocas foliares. Dentre as 106 especies observadas, 69 foram classificadas como deciduas (26 especies), semi-deciduas (25) ou sempre-verdes (18) e definimos o cerrado estudado como uma vegetacAo semi-decidua. A fenologia vegetativa foi marcadamente sazonal e similar entre anos. O pico de queda foliar ocorreu na estacAo seca e o de brotamento na transicAo entre as estacoes seca e chuvosa. O padrAo de queda de folhas foi relacionado a temperatura e o de brotamento ao comprimento do dia e pluviosidade. As especies deciduas e semi-deciduas foram mais afetadas pelo clima do que as sempre-verdes. A estacAo de crescimento no cerrado comecou na transicAo entre as estacoes seca e umida. As variacoes interanuais na precipitacAo e temperatura afetaram o grau de deciduidade de individuos e consequentemente das especies, ressaltando a alta variabilidade individual e especifica, sugerindo que os padroes de troca foliar das especies do cerrado podem ser afetados por mudancas climaticas futuras. (AU)

Processo FAPESP: 15/14292-9 - Análise de padrões de floração em séries temporais derivadas de registros em herbários: relações com o clima e detecção de mudanças no tempo
Beneficiário:Gustavo Henrique de Carvalho
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo FAPESP: 14/00215-0 - Fenologia remota e os padrões de trocas foliares ao longo de um gradiente de sazonalidade
Beneficiário:Bruna de Costa Alberton
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo FAPESP: 07/59779-6 - Estudo comparativo da diversidade e da fenologia reprodutiva e vegetativa entre borda e interior num fragmento de Cerrado em Itirapina, São Paulo
Beneficiário:Leonor Patricia Cerdeira Morellato
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo FAPESP: 10/01762-3 - Padrões de frutificação e diversidade na produção, cor e composição química de frutos do cerrado: uma visão integrada
Beneficiário:Maria Gabriela Gutierrez de Camargo
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo FAPESP: 09/54208-6 - EMU: Laboratório Multiusuário Centralizado do Núcleo de Estudos em Biodiversidade da UNESP
Beneficiário:Célio Fernando Baptista Haddad
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Programa Equipamentos Multiusuários
Processo FAPESP: 10/51307-0 - Diversidade florística e padrões sazonais dos campos rupestres e cerrado
Beneficiário:Leonor Patricia Cerdeira Morellato
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Parceria para Inovação Tecnológica - PITE
Processo FAPESP: 15/10754-8 - Variação espácio-temporal no espectro de cores de flores conforme a visão dos polinizadores
Beneficiário:Maria Gabriela Gutierrez de Camargo
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo FAPESP: 13/50155-0 - Combining new technologies to monitor phenology from leaves to ecosystems
Beneficiário:Leonor Patricia Cerdeira Morellato
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Programa de Pesquisa sobre Mudanças Climáticas Globais - PITE
Processo FAPESP: 10/52113-5 - E-fenologia: aplicação de novas tecnologias para monitorar a fenologia e mudanças climáticas nos trópicos
Beneficiário:Leonor Patricia Cerdeira Morellato
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Programa de Pesquisa sobre Mudanças Climáticas Globais - Regular
Processo FAPESP: 16/01413-5 - Utilizando a fenologia vegetativa para investigar os controladores de fluxo de energia dos ecossistemas em vegetações tropicais
Beneficiário:Bruna de Costa Alberton
Linha de fomento: Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado