Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da suplementação com ácidos graxos ômega-3, associada ou não à prática de exercício físico regular, na resistência à insulina e inflamação em camundongos submetidos à dieta hiperlipídica

Processo: 14/06281-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2014
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Pesquisador responsável:Sandro Massao Hirabara
Beneficiário:Érika Fernandes de Jesus
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Metabolismo   Resistência à insulina   Inflamação   Dieta hiperlipídica   Ácidos graxos ômega-3   Exercício físico   Obesidade   Treinamento aeróbio

Resumo

A obesidade é um dos principais problemas de saúde pública tanto em países desenvolvidos como em países em desenvolvimento ou pobres. No Brasil, cerca de 40% da população tem excesso de peso, sendo que a obesidade no sexo feminino é maior que no sexo masculino. A obesidade representa um fator etiológico de inflamação crônica e, consequentemente, da disfunção de órgãos. Os AG possuem longas cadeias de ácidos carboxílicos e, em geral, todos contêm um número par de átomos de carbono. Os AG da família w-3 podem ser obtidos através da dieta ou são produzidos pelo organismo a partir dos ácidos linoleico e alfa-linolênico. A ingestão de ácidos graxos oleico e linoleico pode aumentar a liberação do TNF-a, sendo que o efeito pró-inflamatório acompanha a rápida captação e metabolização no tecido. Além disso, a suplementação oral com AG w-3 do óleo de peixe em indivíduos saudáveis diminui a produção de citocinas pró-inflamatórias IL-1, IL-2 e IL-6 e TNF-a em monócitos isolados. O exercício físico aeróbico de intensidade leve a moderada tem sido recomendado como uma terapia para prevenir e tratar doenças relacionadas ao metabolismo e cardiovasculares como o diabetes mellitus tipo 2 e a obesidade. Esses exercícios causam vários efeitos benéficos. Esse projeto tem como objetivo investigar se a suplementação de AG n-3 associado ao exercício físico aeróbio moderado pode prevenir ou reduzir os efeitos deletérios da dieta hiperlipídica em camundongos C57BL/6. (AU)