Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de epítopos presentes na proteína e do vírus dengue tipo 2 (DENV2) capazes de gerar anticorpos neutralizantes sem promover a exacerbação da replicação viral

Processo: 14/04303-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2014
Vigência (Término): 31 de julho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Luis Carlos de Souza Ferreira
Beneficiário:Denicar Lina Nascimento Fabris
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Anticorpos neutralizantes   Vírus da dengue   Mapeamento de epitopos   Desenvolvimento de vacinas

Resumo

A dengue, doença causada por um dos quatro sorotipos de vírus da dengue (DENV 1-4), é a principal arbovirose que atualmente atinge seres humanos. Embora cerca de 390 milhões de pessoas sejam infectadas anualmente por um dos tipos de DENV, ainda não existem vacinas nem terapias que controlem a doença. Uma das principais dificuldades para o desenvolvimento de uma vacina é a falta de conhecimento sobre os principais epítopos alvo para anticorpos neutralizantes na partícula viral. Acreditava-se que o domínio III da glicoproteína de envelope (EDIII) do DENV concentrasse os principais alvos para anticorpos neutralizantes, mas resultados gerados durante o mestrado da estudante revelaram uma realidade diferente. Anticorpos anti-EDIII homotípicos, embora capazes de impedir a infecção de células desprovidas de receptores do tipo Fc-³ pelo DENV2, direcionam partículas virais para células que expressam esses receptores promovendo o aumento da replicação do vírus tanto em condições in vitro como in vivo. Por outro lado, foi possível demonstrar que anticorpos capazes de proteger células que expressam receptores Fc-³ são dirigidos contra outros domínios, epítopos lineares e conformacionais presentes na superfície da partícula viral. O objetivo do presente projeto é, portanto, identificar e mapear epítopos-alvo, sejam eles lineares ou conformacionais, para anticorpos neutralizantes que não promovam o aumento da replicação viral, sobretudo, durante o processo infeccioso in vivo. Epítopos lineares serão identificados por ensaios de ELISA contra peptídeos derivados de diferentes domínios da proteína E enquanto epítopos conformacionais serão identificados por microscopia crio-eletrônica. Antígenos recombinantes serão gerados a partir dos resultados obtidos e testados in vivo em modelo experimental baseado em um isolado de DENV2 capaz de infectar e matar camundongos imunocompetentes. O conhecimento gerado a partir desta pesquisa deverá permitir que abordagens mais racionais sejam aplicadas ao desenvolvimento de vacinas contra a dengue. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PEREIRA, LENNON RAMOS; VICENTIN, ELAINE CRISTINA MATOS; PEREIRA, SARA ARAUJO; MAEDA, DENICAR LINA NASCIMENTO FABRIS; ALVES, RUBENS PRINCE DOS SANTOS; ANDREATA-SANTOS, ROBERT; SOUSA, FRANCIELLE TRAMONTINI GOMES DE; YAMAMOTO, MARCIO MASSAO; CASTRO-AMARANTE, MARIA FERNANDA; FAVARO, MARIANNA TEIXEIRA DE PINHO; ROMANO, CAMILA MALTA; SABINO, ESTER CERDEIRA; BOSCARDIN, SILVIA BEATRIZ; FERREIRA, LUIS CARLOS DE SOUZA. Intradermal Delivery of Dendritic Cell-Targeting Chimeric mAbs Genetically Fused to Type 2 Dengue Virus Nonstructural Protein 1. VACCINES, v. 8, n. 4 DEC 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.