Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização em camundongos de novos genes envolvidos nos mecanismos evolutivamente conservados da restrição dietética e seus miméticos

Processo: 18/11672-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 31 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Convênio/Acordo: Innovation Fund Denmark
Pesquisador responsável:Marcelo Alves da Silva Mori
Beneficiário:Felippe Mousovich Neto
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/01184-9 - CAMeLEOm: análise entre espécies dos efeitos metabólicos, na expectativa de vida e ômicas de miméticos de restrição dietética, AP.TEM
Assunto(s):Envelhecimento   Restrição calórica

Resumo

A restrição dietética estende o tempo de vida em espécies de levedura a primatas. Camundongos submetidos à restrição dietética vivem mais do que os alimentados ad libitum e são protegidos de doenças metabólicas como diabetes e obesidade, assim como câncer, doenças cardiovasculares e outras complicações relacionadas com a idade. Em mamíferos, acredita-se que parte dos efeitos benéficos da restrição dietética seja mediada pela diminuição da massa gorda e pela manutenção da função mitocondrial do tecido adiposo. Intervenções dietéticas que buscam reduzir o consumo de energia são geralmente limitadas pela baixa adesão. Isso tem motivado a busca de novas maneiras para prolongar o tempo de vida e promover saúde sem comprometer necessariamente o consumo de energia. A restrição dietética de metionina emergiu como uma alternativa promissora à restrição calórica já que promove efeitos benéficos em todo o espectro evolutivo. Em roedores, a restrição dietética de metionina aumenta a sensibilidade à insulina e reduz a adiposidade pelo aumento do gasto calórico, em parte devido à estimulação do tecido adiposo marrom/recrutamento dos adipócitos beges para o tecido adiposo branco, um fenômeno conhecido como browning. Da mesma forma, o aumento dos níveis de nicotinamida adenina dinucleotídeo (NAD) por meio da suplementação dietética de precursores de NAD como ribosídeo de nicotinamida (NR), um membro recentemente identificado da família da vitamina B3, foi mostrado promover longevidade em C. elegans e melhorar a saúde metabólica de roedores obesos reduzindo a adiposidade. O NR é encontrado nas frações de soro de leite de vaca, constituindo uma fonte alimentar para a produção de NAD. No entanto, análises abrangentes sobre os efeitos da suplementação de NR sobre o envelhecimento e a patogênese de complicações relacionadas com a idade, bem como a função metabólica do tecido adiposo não existem atualmente. Nós mostramos anteriormente uma regulação negativa da proteína de processamento de microRNA (miRNA), Dicer, com a idade no tecido adiposo de camundongos e no nematoide C. elegans. Isso pode ser evitado em ambas as espécies pela restrição dietética. O knockdown de Dicer em células resulta em senescência prematura, e o nocaute específico de Dicer no tecido adiposo promove resistência à insulina em camundongos. Nossos dados publicados ainda revelam que Dicer é necessária para a função mitocondrial adequada de adipócitos, e a falta de Dicer em tecido adiposo anula os efeitos de restrição dietética sobre a sensibilidade à insulina. Verificou-se que a extensão do tempo de vida promovida pela restrição dietética, restrição de metionina ou aumento de níveis de NAD requerem Dicer funcionalmente ativa em C. elegans, indicando assim que essas intervenções dietéticas interagem de uma forma dependente de Dicer para conferir seus efeitos benéficos. Dicer também é necessária para a indução de browning promovida pela restrição dietética ou de metionina em camundongos. Portanto, propomos que a restrição dietética possa ser mimetizada por modificações de componentes nutricionais específicos na dieta. Como a restrição dietética, essas intervenções dependem da função de Dicer para exercer seus efeitos benéficos. Entender como essas intervenções funcionam e interagem em vertebrados superiores se faz necessário para antevermos como aplicar esses regimes em humanos ou encontrarmos alternativas que atuem de maneira semelhante.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BRAGA, DEISI L.; MOUSOVICH-NETO, FELIPPE; TONON-DA-SILVA, GUILHERME; SALGUEIRO, WILLIAN G.; MORI, MARCELO A. Epigenetic changes during ageing and their underlying mechanisms. BIOGERONTOLOGY, APR 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.