Busca avançada
Ano de início
Entree

O papel da ativação e do desbalanço metabólico de células dendríticas para a patogênese do vírus Chikungunya

Processo: 18/10224-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2019
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Biologia e Fisiologia dos Microorganismos
Pesquisador responsável:José Luiz Proença Módena
Beneficiário:Gabriela Fabiano de Souza
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/00194-8 - Patogênese e neurovirulência de vírus emergentes no Brasil, AP.JP
Bolsa(s) vinculada(s):22/00905-2 - O papel do HIF1a nas células dendríticas no controle da inflamação durante a fase aguda e crônica na Chikungunya, BE.EP.DR
Assunto(s):Virologia   Células dendríticas   Imunidade inata

Resumo

O Vírus Chikungunya (CHIKV) é um arbovírus emergente presente em regiões de clima tropical e subtropical, transmitido pelo vetor artrópode A. aegypti. Embora a infecção por CHIKV possa ser assintomática, ela geralmente leva ao desenvolvimento de uma doença febril aguda, com dor e inchaço articular. Uma das principais complicações associadas à CHIKV são manifestações crônicas, tais como artralgia e artrite, sintomas que podem durar meses a anos. A doença crônica resultante da infecção por CHIKV possui características semelhantes à artrite reumatoide na qual há um desbalanço na função das células dendríticas (DCs). Assim acreditamos que a infecção, a ativação e o desbalanço metabólico de células dendríticas possam ter um papel essencial na patogênese de CHIKV e no desenvolvimento de inflamação crônica nas articulações. Para analisar o efeito de CHIKV sobre a função e metabolismo dos diferentes subtipos de DCs in vitro, DCs isoladas de "buffy coat" de doadores de plaquetas serão infectadas para caracterização da replicação viral, do metabolismo glicolítico e mitocondrial, do perfil de citocinas e da expressão de genes associados à resposta imune inata. Além disso, serão utilizadas DCs isoladas de pacientes naturalmente infectados pelo CHIKV. Por fim, analisaremos a replicação de CHIKV em diferentes subtipos de DCs isoladas de camundongos deficientes e componentes da resposta imune inata (Ifnar-/-, Mavs-/-) e de sensores metabólicos chaves (CD11ccreHIF-1±fl/fl , CD11ccre/AMPKfl/fl, CD11ccre/Raptorfl/fl (MTORC1 KO) e CD11ccre/Rictorfl/fl) e determinaremos a susceptibilidade e tropismo viral em camundongos WT, CD11c-DTR e CD11ccreHIF-1±fl/fl. Dessa forma, será possível determinar o papel da ativação e do imunometabolismo das diferentes DCs para o controle e desenvolvimento das diferentes manifestações clínicas por CHIKV.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE SOUZA, WILLIAM M.; MURARO, STEFANIE P.; SOUZA, GABRIELA F.; AMORIM, MARIENE R.; SESTI-COSTA, RENATA; MOFATTO, LUCIANA S.; FORATO, JULIA; BARBOSA, PRISCILLA P.; TOLEDO-TEIXEIRA, DANIEL A.; BISPO-DOS-SANTOS, KARINA; et al. lusters of SARS-CoV-2 Lineage B.1.1.7 Infection after Vaccination with Adenovirus-Vectored and Inactivated Vaccine. Viruses-Basel, v. 13, n. 11, . (16/00194-8, 18/14389-0, 18/13645-3, 17/26908-0, 20/02159-0, 17/13981-0, 19/09704-7, 18/10224-7, 19/24251-9, 20/04558-0)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.