Busca avançada
Ano de início
Entree

Silenciamento do Gene da Enzima PIP5KIIA em Células Eritróides Humanas Normais e de Pacientes com Doença da Hb H

Processo: 10/00154-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 31 de outubro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Maria de Fatima Sonati
Beneficiário:Tânia Regina Zaccariotto
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/57441-0 - Alterações clínicas, celulares e moleculares nas hemoglobinopatias e em outras anemias hemolíticas hereditárias, AP.TEM
Assunto(s):Talassemia alfa   Hematologia   Inativação gênica   Células eritroides

Resumo

Os genes das cadeias alfa da hemoglobina (Hb) humana são duplicados e estão localizados no braço curto do cromossomo 16. A talassemia alfa é uma alteração hereditária, de distribuição mundial, causada por mutações que afetam esses genes. A perda funcional de 3 dos 4 genes no genoma diplóide resulta na Doença da Hb H, uma anemia hemolítica crônica de intensidade moderada ou grave ocasionada pelo acúmulo de cadeias beta tetramerizadas, altamente instáveis. Diferentes níveis de Hb H têm sido observados em pacientes com genótipos alfa-talassêmicos idênticos, sugerindo o envolvimento de fatores moduladores que afetam a expressão fenotípica desta doença. Em estudo recente que analisou a expressão gênica diferencial em reticulócitos de pacientes com Doença da Hb H de uma mesma família, com genótipo -a3,7/--SEA, observamos que o gene da enzima fosfatidilinositol-4-fosfato-5-quinase-tipo II-alfa (PIP5KIIA) apresentou maiores níveis de expressão no paciente com maior quantidade de Hb H, sugerindo que talvez essa enzima possa, de alguma maneira, influenciar a expressão dos genes da globina beta. O papel da PIP5KIIA em células eritróides normais e em células alfa-talassêmicas precisa, assim, ser melhor investigado, sendo este o objetivo do presente projeto. Para isso, o gene será silenciado, através da técnica de RNA de interferência, em células eritróides normais e de pacientes com Doença da Hb H, analisando-se posteriormente o fenótipo celular resultante, com ênfase no grau de expressão do gene da globina beta.