Busca avançada
Ano de início
Entree

Arnaldo Lopes Colombo

CV Lattes ORCID


Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. Escola Paulista de Medicina (EPM)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal de São Paulo (1983), residência médica em Infectologia (1983-1986) pelo Hospital São Paulo-UNIFESP, mestrado em Doenças Infecciosas e Parasitárias pela Universidade Federal de São Paulo (1989) e doutorado sanduiche em Medicina pela University of Texas System-UNIFESP (1994). Atualmente é Professor Titular da Universidade Federal de São Paulo - Disciplina de Infectologia e Diretor Técnico do Laboratório Especial de Micologia. Na área de Micologia Médica, tem contribuído com estudos epidemiológicos relacionados a infecções por Candida spp., Aspergillus spp., e Trichosporon spp. em hospitais terciários, sendo que coordenou diversos estudos multicêntricos nesta temática, assim como participou ativamente de redes internacionais para a caracterização de resistência a antifúngicos e mecanismos moleculares envolvidos. Desde 2013 é consultor sênior Global Action for Fungal Infection (https://gaffi.org/), e desde 2019 é organizador do INFOCUS LATAM ISHAM Working Group (https://www.isham.org/working-groups/infocus-latam-latin-american-clinical-mycology-working-group). Entre 2016 e 2021 foi membro do Conselho Deliberativo da International Immunocompromised Host Society (IICHS). Em 2018 foi indicado como acadêmico da European Confederation of Medical Mycology (FECMM). Na última década, participou ativamente ou coordenou diversos documentos de diretrizes regionais e internacionais para o tratamento de infecções invasivas endêmicas e oportunísticas. Além de suas contribuições na formação de recursos humanos e produção de conhecimento na área de Micologia Médica, foi coordenador do Programa de Residência Médica em Infectologia (1997 a 2000), Coordenador do Programa de Residência do Departamento de Medicina (2000 a 2002), Coordenador do Programa de Pós-graduação em Infectologia (2000 a 2007) e Pró-Reitor de Pós-Graduação e Pesquisa da UNIFESP (2009- 2012). Atuou como consultor da área de Medicina II da Capes por mais de 20 anos, tendo coordenado os programas de mestrado profissional da Capes, Medicina II, na função de Coordenador Adjunto de Programas Profissionais (2013 a 2017). Entre 2018 e 2021 atuou como membro da Coordenação Acadêmica da Saúde I da FAPESP. Em 2021 foi indicado como membro titular da Academia Brasileira de Ciências. É revisor de várias revistas nacionais e internacionais de relevância nas áreas de infectologia, microbiologia aplicada e micologia médica. (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o(a) pesquisador(a):
O ataque silencioso dos fungos 
Matéria(s) publicada(s) no Pesquisa para Inovação FAPESP sobre o(a) pesquisador(a):
4ª Conferência FAPESP 60 anos: Desafios à Saúde Global 
Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)
Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Bolsas no Exterior
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 03/12/2022
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Videos relacionados aos auxílios à pesquisa e bolsas

O ataque silencioso dos fungos


Publicado em 05 de setembro de 2016 - Pesquisa FAPESP. Considerados inofensivos até alguns anos atrás, os fungos estão se mostrando mais resistentes aos medicamentos usados para combatê-los. O infectologista Arnaldo Colombo, da Unifesp, fala sobre a importância de reconhecer com rapidez as infecções fúngicas, muitas vezes confundidas com as causadas por bactérias.

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: