Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de genes que apresentam expressão alterada devido à metilação aberrante de seu promotor nas fases iniciais da progressão do melanoma

Processo: 09/03335-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2009
Vigência (Término): 31 de março de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Miriam Galvonas Jasiulionis
Beneficiário:Alice Santana Morais
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:06/61293-1 - Contribuição da metilação de DNA na carcinogênese, AP.JP
Assunto(s):Epigênese genética   Melanoma

Resumo

O melanoma cutâneo, embora seja menos prevalente dentre os cânceres dermatológicos, representa a forma mais perigosa, sendo também responsável pela maioria das mortes por câncer de pele. Embora o diagnóstico precoce do melanoma cutâneo primário garanta tratamento uniforme e alto potencial de cura, seu extremo clínico, o melanoma metastático, é a forma maligna resistente às drogas e que detém o pior prognóstico. Este fato incentiva pesquisadores a melhor compreender a biologia do melanoma e os fatores que o influenciam a fim de estabelecer diagnósticos mais precisos como também encontrar novas estratégias terapêuticas. Sabe-se que a perda do delicado equilíbrio homeostático estabelecido entre queratinócitos e melanócitos tem participação efetiva no surgimento do melanoma. Inúmeras hipóteses para esse distúrbio são constantemente investigadas, envolvendo desde eventos genéticos específicos, como também a influência de fatores ambientais. Mais recentes, são as propostas de que eventos epigenéticos sob interferência do próprio microambiente no qual o melanócito se encontra também atuariam na gênese do melanoma. A regulação epigenética é de grande interesse para o meio científico devido à sua importância no desenvolvimento do organismo, regulando fisiologicamente eventos fundamentais da biologia celular. Além disso, o dinamismo e a reversibilidade das alterações epigenéticas as tornam alvos viáveis para intervenções. Dentre os diferentes níveis que compõem o programa epigenético, a metilação de DNA será a mais abordada neste estudo. Sabe-se que a hipermetilação de certos genes é, de maneira em geral, específica para o tecido ou tumor dele derivado, podendo ser detectado mais facilmente do que mutações genéticas. Com isso, esforços vêm sendo realizados no intuito de identificar o perfil de metilação do DNA de determinados genes em diferentes tipos de câncer, tornando-os assim um tipo de marcador molecular que poderá auxiliar no diagnóstico e na avaliação prognóstica destas enfermidades através da criação de painéis de marcadores. Neste contexto, o objetivo deste trabalho é identificar genes diferencialmente expressos ao longo da transformação maligna de melanócitos devido ao padrão de metilação aberrante em seu promotor. Este estudo envolve um modelo murino pré-estabelecido e a aplicação da técnica de Methylight para a análise a metilação do DNA. A análise desses resultados certamente trará informações relevantes sobre diversos processos relacionados a essa alteração epigenética necessários à transformação e à progressão neoplásica. Além do avanço científico, esse estudo poderá revelar ótimos instrumentos para o diagnóstico e tratamento dessa neoplasia. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MELO, FABIANA H. M.; MOLOGNONI, FERNANDA; MORAIS, ALICE S.; TORICELLI, MARIANA; MOURO, MARGARETH G.; HIGA, ELISA M. S.; LOPES, JOSE D.; JASIULIONIS, MIRIAM G. Endothelial nitric oxide synthase uncoupling as a key mediator of melanocyte malignant transformation associated with sustained stress conditions. Free Radical Biology and Medicine, v. 50, n. 10, p. 1263-1273, MAY 15 2011. Citações Web of Science: 11.
MOLOGNONI, FERNANDA; CRUZ, ADRIANA T.; MELISO, FABIANA M.; MORAIS, ALICE S.; SOUZA, CAMILA F.; XANDER, PATRICIA; BISCHOF, JARED M.; COSTA, FABRICIO F.; SOARES, MARCELO B.; LIANG, GANGNING; JONES, PETER A.; JASIULIONIS, MIRIAM G. Epigenetic reprogramming as a key contributor to melanocyte malignant transformation. Epigenetics, v. 6, n. 4, p. 451-465, APR 2011. Citações Web of Science: 22.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.