Busca avançada
Ano de início
Entree

Função imunomoduladora da PGE2 na diferenciação de células Th17 durante o processo de fagocitose de células apoptóticas infectadas

Processo: 11/20199-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2012
Vigência (Término): 31 de julho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Alexandra Ivo de Medeiros
Beneficiário:Felipe Fortino Verdan da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/17611-7 - Efeito da fagocitose de células apoptóticas por células dendríticas na diferenciação de células Th17: função de PGE2, AP.JP
Bolsa(s) vinculada(s):13/27028-2 - Estabilidade e plasticidade de células Th9: papel de PU.1, BE.EP.DR
Assunto(s):Dinoprostona   Células dendríticas   Células Th17

Resumo

A fagocitose de células apoptóticas, também denominada eferocitose, é um processo dinâmico e de fundamental importância para homeostase dos tecidos após uma injúria. Nós e outros grupos demonstramos previamente que a fagocitose de células apoptóticas promove a síntese de mediadores anti-inflamatórios como PGE2, TGF-² e IL-10, podendo resultar na supressão da resposta imune do hospedeiro contra agentes infecciosos. Entretanto, um elegante estudo utilizando células apoptóticas infectadas demonstrou que a fagocitose destas células promove a geração não apenas de citocinas anti-inflamatórias como TGF-² mas também de IL-6 e IL-23, promovendo um efeito imunoestimulador, a diferenciação de células Th17. A atuação da PGE2 na imunidade adaptativa vem sendo investigada quanto à diferenciação e ativação de linfócitos Th1, Treg e Th17. Nossos resultados preliminares demonstram que a fagocitose de células apoptóticas infectadas, além de promover a síntese de citocinas inflamatórias também induz a produção de altos níveis de PGE2. No entanto, até o momento, nada se sabe da participação deste mediador lipídico no contexto da fagocitose de células apoptóticas infectadas e o mecanismo pelo qual a PGE2 pode colaborar sinergicamente com TGF-², IL-6 e IL-23 no processo de diferenciação de células Th17. A hipótese de estudo deste projeto fundamenta-se no estudo do papel de PGE2 proveniente da eferocitose de células apoptóticas infectadas na diferenciação de células Th17.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.