Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da conectividade da circuitaria meso-cortico-limbica em animais submetidos a status epilepticus durante o desenvolvimento e sua relação com comorbidades psiquiátricas

Processo: 18/02303-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2018
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:João Pereira Leite
Beneficiário:Rafael Naime Ruggiero
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/17882-4 - Epilepsias farmacorresistentes: desafios diagnósticos, estudo das comorbidades associadas e novas abordagens experimentais, AP.TEM
Assunto(s):Epilepsia do lobo temporal   Neurociências   Hipocampo   Córtex pré-frontal

Resumo

Ratos submetidos a Status epilepticus (SE) durante o desenvolvimento apresentam alterações comportamentais típicas de modelos animais de psicose, que se correlacionam com mudanças na plasticidade sináptica entre o hipocampo e o córtex pré-frontal (CPF). Nossa hipótese é que o SE afeta a conectividade de circuitarias meso-cortico-limbicas, que podem estar subjacentes a comorbidades psiquiátricas observadas na epilepsia. Este trabalho pretende investigar como a indução de SE durante o desenvolvimento afeta a comunicação entre o hipocampo, o córtex pré-frontal e a área tegmental ventral durante a execução de testes comportamentais relacionados à psicose e depressão. Estes achados serão relacionados com prejuízos cognitivos e marcadores de epileptogênese, como atividade interictal e a presença de crises espontâneas. Para isso, utilizaremos técnicas de eletrofisiologia e de estimulação optogenética permitindo um melhor entendimento da relação entre epiletogênese e prejuízo cognitivo, bem como a associação de comorbidades psiquiátricas com a epilepsia do lobo temporal.