Busca avançada
Ano de início
Entree

Proteínas pro e anti-fibróticas e asma: existe uma correlação entre seus níveis com a inflamação e resistência das vias aéreas?

Processo: 20/03994-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2020
Vigência (Término): 30 de junho de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Rodolfo de Paula Vieira
Beneficiário:Victor Hugo Souza Palmeira
Instituição Sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Pneumologia   Doenças inflamatórias   Lesão pulmonar induzida por ventilação mecânica   Asma   Fatores de crescimento   Espirometria   Oscilometria
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Asma | fatores de crescimento | proteínas de matriz extracelular | Remodelamento das vias aéreas | resistência das vias aéreas | Pneumologia

Resumo

A asma é uma doença inflamatória crônica das vias aéreas, na qual além das alterações inflamatórias, também ocorrem alterações estruturais denominadas de remodelamento. O remodelamento tem papel importante na fisiopatologia e nos sintomas clínicos da asma, uma vez que está diretamente associado a hiperresponsividade e à obstrução brônquica, e consequentemente ao chiado, aperto no peito, tosse e intolerância ao exercício físico. Do ponto de vista clínico, o grau de remodelamento está associado com o grau de obstrução das vias aéreas, o que pode ser avaliado não somente através da espirometria (normalmente avaliado através do VEF1 e da relação VEF1/CVF), mas também através da oscilometria de impulso. Nesse sentido, a oscilometria de impulso é particularmente útil, pois não necessita esforço e de quase nenhuma colaboração do paciente para a realização das medidas. Além disso, a oscilometria de impulso fornece informações importantes como a resistência do sistema respiratório e a resistência das vias aéreas, o que pode refletir de maneira mais direta alterações provocadas pelo remodelamento. Do ponto de vista imunológico, diversas proteínas pró-fibróticas denominadas de fatores de crescimento têm sido associados com o desenvolvimento e o grau do remodelamento na asma. Por outro lado, o papel de diferentes proteínas anti-fibróticas no remodelamento na asma ainda não está claro, o que se nota pelo número escasso de estudos que avaliaram, por exemplo, o papel das relaxinas e do klotho na asma. Portanto, o presente estudo objetiva investigar se há alguma correlação entre os níveis de obstrução e resistência das vias aéreas entre si, assim como investigar se há alguma correlação entre os níveis de proteínas pró e anti-fibróticas com os níveis de obstrução e resistência das vias aéreas. Para isso, serão recrutados 30 indivíduos não asmáticos para compor o grupo controle (Grupo 1), 30 indivíduos com asma intermitente para compor o Grupo 2 e 30 indivíduos com asma persistente moderada para compor o Grupo 3. Serão avaliados a função pulmonar através da espirometria, a mecânica pulmonar através da oscilometria de impulso, e a inflamação pulmonar através dos mediadores pró e anti-inflamatórios no ar condensado e dos níveis de óxido nítrico no ar exalado. Adicionalmente, serão avaliados os níveis de citocinas pró e anti-inflamatórias e de proteínas pró e anti-fibróticas no ar condensado e no soro dos voluntários do estudo. Dessa forma, o presente estudo permitirá pela primeira vez, estabelecer ou não, uma correlação entre os níveis de proteínas pró e anti-fibróticas com o grau de obstrução e de resistência das vias aéreas de pacientes asmático de diferentes gravidades.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MORAES-FERREIRA, RENILSON; BRANDAO-RANGEL, MAYSA ALVES RODRIGUES; GIBSON-ALVES, THIAGO GONCALVES; SILVA-REIS, ANAMEI; SOUZA-PALMEIRA, VICTOR HUGO; AQUINO-SANTOS, HELIDA CRISTINA; FRISON, CLAUDIO RICARDO; OLIVEIRA, LUIS VICENTE FRANCO; ALBERTINI, REGIANE; VIEIRA, RODOLFO P.. Physical Training Reduces Chronic Airway Inflammation and Mediators of Remodeling in Asthma. OXIDATIVE MEDICINE AND CELLULAR LONGEVITY, v. 2022, p. 13-pg., . (20/03994-0, 19/11008-9, 12/15165-2, 19/11244-4, 19/05739-0)
SILVA-REIS, ANAMEI; RODRIGUES BRANDAO-RANGEL, MAYSA ALVES; MORAES-FERREIRA, RENILSON; GIBSON GONCALVES-ALVES, THIAGO; HUGO SOUZA-PALMEIRA, VICTOR; CRISTINA AQUINO-SANTOS, HELIDA; LACERDA BACHI, ANDRE LUIS; FRANCO DE OLIVEIRA, LUIS VICENTE; BRANDAO LOPES-MARTINS, RODRIGO ALVARO; OLIVEIRA-SILVA, IRANSE; et al. Combined resistance and aerobic training improves lung function and mechanics and fibrotic biomarkers in overweight and obese women. FRONTIERS IN PHYSIOLOGY, v. 13, p. 14-pg., . (19/05739-0, 20/03994-0, 19/11244-4, 19/11008-9, 12/15165-2)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.